Comunidade católica de Rajada realiza estudo bíblico a partir deste domingo

por Carlos Britto // 01 de fevereiro de 2012 às 19:00

A paróquia Nossa Senhora das Dores de Rajada (PE), distrito da zona rural de Petrolina, estará realizando este ano um estudo bíblico voltado para toda a população. Os encontros acontecerão uma vez por mês, e pretendem explicar e esclarecer todas as dúvidas sobre a bíblia.

O primeiro desses encontros será realizado neste domingo (05), a partir das 8h, até o meio-dia. O evento será realizado por Paulo César.

Ainda no domingo a paróquia estará realizando, a partir das 14h, formações para catequistas, tanto para os que já exercem a função como para aqueles que ainda vão iniciar.

Comunidade católica de Rajada realiza estudo bíblico a partir deste domingo

  1. Junior disse:

    Que possam explicar e também esclarecer o porque que a igreja católica pratica a idolatria ao qual e condenada pela própria bíblia.

  2. Ângelo disse:

    Lamento caro Júnior, que seu fanatismo impeça de ver, analisar e respeitar os outros e suas escolhas…
    Quanto ao termo “pratica a idolatria”, você foi infeliz ao fazer tal frase. Primeiro, você não tem o direito para julgar, a isto só Deus é capaz de realizar. Segundo, não somos idólatras. Creio que você faz alusão as imagens, as quais não adoramos, não idolatramos. Apenas respeitamos e nos recordamos, através das imagens ou fotos, o que eles foram e fizeram por Jesus Cristo, da mesma forma que você faz com a fotografia de sua mãe ou alguém especial, ou você adora a foto que você tem? Isso, até onde sei nunca se caracterizou idolatria, nem tampouco usurpação ao lugar de Deus.
    Estarei rezando muito por ti, para que Deus possa te abençoar… para que você possa ter um pouco mais de respeito pelos outros e pela suas escolhas. Creio ainda, que você conhece a criação das inúmeras igrejas, como também da igreja católica: “PEDRO, TU ÉS PEDRA, E SOBRE TI, EDIFICAREI MINHA IGREJA”. Essa frase foi Jesus Cristo que disse, verifique na bíblia… Creio que você entendeu o que quis dizer. Depois, nem por isso, vou desrespeitar as outras igrejas, seitas ou quaisquer escolhas, pois é para isso que existe a liberdade, que também envolve o respeito…
    Fique com Deus!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *