Compesa esclarece reclamações de comunitário do Jardim Guararapes

0

obras compesa Jardim Guararapesobras compesa Jardim GurarapesEm resposta à matéria postada ontem (6), sobre as reclamações do comerciário Thiago Bezerra, referentes às obras de intervenção na rede de esgotamento sanitário do bairro Jardim Guararapes, Zona Oeste de Petrolina, a Compesa enviou uma nota de esclarecimento por meio de sua assessoria de comunicação.

Na nota a Companhia justifica que o serviço realizado no bairro é uma das etapas da obra de ampliação do sistema de esgotamento sanitário em Petrolina, realizada pela Compesa. Estão sendo investidos mais de R$ 65 milhões.

A Companhia reconhece os transtornos causados, mas afirma que os problemas citados como escavações e poeira são inevitáveis quando se trata de uma obra de esgoto. “No entanto, assim que forem concluídos, esses serviços garantirão à população de todo o bairro mais saúde e qualidade de vida”, diz a nota.

A Compesa ainda destaca que no local está sendo realizada a implantação de uma nova rede coletora .As primeiras intervenções devem ser concluídas já no dia 18 de junho. Logo após esta etapa, será iniciada a implantação das ligações prediais, ou seja, a da rede de esgoto das casas para a rede na via pública. Com relação a estes serviços, o Núcleo de Responsabilidade Social da Compesa, formado por assistentes sociais e técnicas de Campo, já iniciaram hoje (7) um trabalho informando aos moradores como serão realizados esses serviços, bem como seu objetivo e data prevista para início e conclusão.

Sobre os pontos questionados pelo morador, a Companhia afirma ainda que:

1- A obra está sendo realizada na via pública e todas as escavações, bem como a interrupção de alguns trechos, foram previamente comunicados à Empresa Petrolinense de Trânsito e Transporte Coletivo (EPTTC), órgão responsável pelo trânsito da cidade de Petrolina. Como se pode observar nas fotos em anexo, o local está devidamente sinalizado, os desvios identificados e o trânsito flui normalmente, evitando qualquer transtorno para os motoristas.

2- Com relação às tampas dos PVs, a Compesa esclarece que elas foram retiradas durante a intervenção pelos funcionários da empresa, que estavam realizando inspeções necessárias à execução do serviço. Vale destacar que durante a finalização dos trabalhos, ao final do dia, elas são fechadas, a fim de evitar possíveis acidentes.

3- Quanto à rampa citada pelo morador, apesar dela estar na área da via pública, a Compesa fará a recuperação do espaço, deixando-a nas mesmas condições em que foi encontrada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome