Comitiva chefiada pelo vice-governador da Bahia faz visita à Agrovale

0
Foto: divulgação

Referência internacional na produtividade de cana-de-açúcar em área irrigada, a Agrovale, em Juazeiro, foi visitada, nesta quinta-feira (6), pela comitiva técnica do Governo da Bahia, que está no Vale do São Francisco para potencializar o Polo Agroindustrial e Bioenergético do Médio São Francisco do Estado. Considerada a maior produtora de açúcar, etanol e bioeletricidade da Bahia, com mais de 5 mil funcionários, a empresa vai integrar o projeto da Fazenda-Escola Modelo, no município de Barra.

Chefiada pelo vice-governador João Leão, que também é secretário de Desenvolvimento Econômico, a delegação chegou ontem (5) à região e é composta pelas secretarias estaduais da Agricultura (Seagri) e do Desenvolvimento Rural (SDR), por membros do Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb), Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e Universidade do Vale do São Francisco (Univasf).

A Agrovale é um exemplo de sucesso para o desenvolvimento desta região que tem enorme potencial. Com o Polo Agroindustrial pretendemos trazer no mínimo cinco novas usinas e gerar mais de 21 mil empregos no Vale e Médio São Francisco. E a parceria da Agrovale com a Fazenda Escola Modelo, que é o embrião, o ‘apartamento decorado’ deste grande projeto, vai torná-lo ainda mais viável”, destaca Leão.

A Fazenda Escola Modelo vai desenvolver técnicas agrícolas dentro do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) Águas, no município de Barra, numa área de 140 hectares. Está prevista a implantação de um complexo de agroindústrias, projetos de irrigação de frutas e grãos, além de pecuária. O objetivo é que a escola seja um referencial na formação agrotécnica e agroindustrial. A Agrovale vai implantar um sistema de irrigação por gotejamento em 10 hectares de cana no projeto.

Vetor de crescimento

De acordo com o diretor Financeiro e TI da Agrovale, Guilherme Colaço Filho, que recepcionou a comitiva, o Polo Agroindustrial será um novo vetor de crescimento e promete mudanças significativas em vários segmentos produtivos regionais. “Contribuiremos com o desenvolvimento de técnicas agrícolas e a formação de novos quadros profissionais com a implantação de um sistema de irrigação por gotejamento na Fazenda Escola Modelo“, ressaltou. Com uma área cultivada de 17.700 mil hectares, a Agrovale produziu na última safra (2019), 2,8 milhões de sacos de açúcar com 50 quilos cada, 67 milhões de litros de etanol e gerou 20 mil Megawatts de energia a partir do bagaço da cana. (Fonte: CLAS Comunicação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome