Combate ao trabalho infantil em Petrolina é reforçado nas feiras livres

2

Diversas ações para coibir o trabalho infantil continuam sendo executadas em Petrolina. Uma delas ganhou reforço nas feiras livres da cidade, onde equipes da prefeitura e da Associação Civil de Articulação Para a Cidadania (Acari) vêm promovendo conscientização para reduzir a exploração de mão de obra infantil. Além do trabalho permanente nos semáforos e em pontos estratégicos, equipes da administração municipal voltaram a reforçar as ações nas feiras livres, onde são registrados vários casos. A iniciativa teve início na última semana e pretende sensibilizar feirantes sobre o tema.

“Lugar de criança não é no trabalho e sim na escola ou em ambientes de lazer e aprendizado. Enfrentar esta prática tem sido um grande desafio, mas já temos conquistas que apontam para o sucesso de campanhas educativas“, disse a secretária municipal de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Kátia Carvalho.

Segundo a coordenadora das Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (AEPETI), Mara Marilac, após as ações de conscientização serão oferecidas atividades culturais e lúdicas para as crianças encontradas em situação de trabalho infantil.

Este primeiro momento é para sensibilizar e identificar. Logo depois estas crianças serão encaminhadas para participar de atividade que estimulem uma nova visão de mundo a elas”, disse. A campanha é desenvolvida em conjunto entre a Acari e a Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos. (Fonte/foto: Ascom PMP)

2 COMENTÁRIOS

  1. Todos nós concordamos lugar de criança é na escola ou em lugares de lazer, mas o que a prefeitura promove de lazer nos projetos de irrigação onde a maioria desses jovens moram ? O trabalho dignifica as pessoas e os jovens também estão inclusos nesse dito popular, pra proibir o trabalho destes jovens tem que primeiro oferecer alternativas

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

14 − três =