Com perna quebrada, jovem espera por cirurgia internado em corredor do Hospital Universitário

0

57f8dea4c9811700e5cd93b4ce26baf7Pacientes de Petrolina continuam a reclamar do atendimento recebido no Hospital Universitário (HU) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). Faltam materiais para cirurgias, vagas em leitos e, principalmente, informações sobre a realização dos procedimentos cirúrgicos. Esse é justamente o caso do jovem Cícero Wellington Bezerra, de 22 anos, que há quatro dias permanece internado no corredor da unidade, à espera de uma cirurgia na perna.

A mãe do jovem, Cícera Santos, conta que seu filho deu entrada no HU na última sexta-feira (12), após sofrer um acidente, e até o momento não há previsão sobre quando ele passará por uma cirurgia.

Meu filho está  com a perna quebrada e agora está ficando toda preta. Ele fica chorando de dor e não dão nem mesmo uma previsão para a cirurgia dele. Ele está deitado numa maca no corredor e eu em pé, o dia todo ao lado dele, e ninguém faz nada”, conta a mãe do jovem.

Angústia

Angustiada com a situação, Cícera conta já ter perdido um filho vítima de acidente e teme uma nova fatalidade na família. “Como mãe eu não estou suportando ver o sofrimento do meu filho, porque eu já perdi um por acidente e eu não vou suportar perder outro. Ele me pede ajuda, se eu tivesse como ajudar eu já tinha feito alguma coisa por ele, mas eu não tenho o que fazer”, lamenta Cícera.

O Blog entrou em contato com a assessoria de comunicação do Hospital Universitário sobre o caso de Wellington. (Com informações e foto/Sérgio Lopes para o Blog)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome