Com braço quebrado, adolescente espera cirurgia há 12 dias no HU e mãe se desespera

1

IMG-20150904-WA0001Os últimos 12 dias têm sido de muita angústia para o estudante David Rodrigues da Silva, que segue internado no Hospital Universitário (HU) de Petrolina à espera de uma cirurgia para seu braço quebrado. Desesperada, a mãe de David, Jaqueline Alves da Silva, afirma que o procedimento ainda não foi feito devido à falta de anestesista  na unidade.

Já tem doze dias que meu filho está lá, esperando uma cirurgia, e o que me disseram é que não foi feita ainda porque não tem anestesista. Ontem (3) o médico me disse que faria a cirurgia até o dia 25, mas depois me disse que não tinha mais nem previsão. Eu estou desesperada porque eu tenho mais três filhos para cuidar e não sei nem o que fazer, porque tenho que ficar aqui com ele e larguei os outros”, disse a mãe, em entrevista ao programa ‘Manhã no Vale’, da Rádio Jornal.

Sobre a denúncia, o presidente do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe), Sílvio Rodrigues, aconselhou a família a formalizar uma denúncia e lamentou que problemas pontuais continuem sendo observados no HU.

Os problemas continuam. Tem que haver uma nova fiscalização e uma pressão ainda maior para que estes problemas sejam, de fato, resolvidos”, disse.

Em contato com o Blog, o presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal, vereador Ailton Guimarães, disse ter conversado com o superintendente do HU, Ricardo Pernambuco, que teria informado que, apesar da espera, David não é o primeiro na fila de cirurgias.  Ainda segundo o vereador, o superintendente teria garantido que vai liberar uma regulação e encaminhar o paciente para outra unidade – provavelmente o Hospital Sote, em Juazeiro-.

1 COMENTÁRIO

  1. Além da falta de gestão que permeia os órgãos públicos, tem os irresponsáveis no trânsito, principalmente os motoqueiros. Se não fosse esses imprudentes, que andam de forma perigosa no trânsito colocando a vida dele e de outras pessoas. Cada entrada de um motoqueiro acidentado no hospital de traumas custa em torno de 20 mil para o contribuinte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome