Cinco pessoas são indiciadas por assassinato de idoso no Povoado do Capim

2

A Polícia Civil (PC) de Petrolina efetuou, nesta sexta (4), a prisão do homem suspeito de ter matado o idoso Antônio Francisco do Nascimento, de 93 anos, no povoado do Capim, zona rural da cidade, no último dia 18 de abril. De acordo com os delegados Magno Neves e Sara Machado, cinco pessoas foram indiciadas na Operação ‘Vila Segura’, mas apenas duas tiveram as prisões decretadas, sendo que foi realizada apenas uma prisão, na manhã desta sexta.

Durante coletiva de imprensa, Sara Machado deu detalhes do crime. “José Paulo Lima e Odair Rodrigues foram os mentores intelectuais do crime. José Paulo influenciou Odair a localizar pessoas que pudessem roubar a vítima. Odair foi a pessoa que fez contato com Patrício Dolmondes dos Santos, para que ele encontrasse pessoas que pudessem efetuar o roubo. Patrício indicou para Odair a pessoa de José Sildivan. Este manteve contato com José Paulo e Odair, que passaram para Sildivan a rotina da vítima. Segundo Odair, José Paulo e Patrício não tinham interesse em matar a vítima, mas no momento da execução não sabe o que deu errado, e José Sildivan (que executou o crime) e Gilderlanio Rodrigues acabaram por matar o idoso. Os dois negam, mas não temos dúvidas que foram eles os autores do crime”, afirmou a delegada.

Os cinco envolvidos foram indiciados pela prática de latrocínio. No mesmo contexto foi representado pela prisão preventiva dos indiciados, entretanto foi decretada apenas a prisão de Gilderlanio Rodrigues, de 34 anos, e José Sildivan, de 33. Este último já se encontra na Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes. Gilderlanio está foragido. “Na análise feita pela Vara Crime, foi entendido pela necessidade da prisão apenas e dois. Só conseguimos cumprir de um mandado”, pontuou Magno Neves.

Investigações

As investigações apontam que os envolvidos são conhecidos da família da vítima. O idoso costumava andar com muito dinheiro, como apontam as investigações. A sobrinha do idoso, Ana Maria do Nascimento, contou que ele passou a guardar o dinheiro da aposentadoria em casa depois de ter sido vítima de uma ‘saidinha’ bancária. De acordo com a PC e os familiares todos no Capim sabiam que o idoso andava com muito dinheiro. No entanto, o idoso contava as pessoas que andava com fotos no bolso.

No decorrer das investigações a polícia apreendeu uma motocicleta, celulares e pouco mais de R$ 500 em espécie. Ainda não se sabe o valor exato levado da vítima, que foi morta com um golpe de faca na altura do pescoço. Os delegados ressaltaram, no entanto, que os outros três envolvidos podem ser presos, a depender do decorrer do processo. Denúncias que levem à prisão do foragido Gilderlanio Rodrigues podem ser feitas através do número (87) 3866-6781.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome