CCZ intensifica ações no combate ao calazar

por Carlos Britto // 19 de agosto de 2022 às 18:20

Foto: Reprodução

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Petrolina está intensificando, em agosto, ações voltadas ao combate da doença causada pela leishmaniose (calazar), transmitida principalmente por mosquitos pequenos  de hábito crepuscular e noturno,  e que pode afetar pessoas e animais, especialmente os cachorros. Existem dois tipos: a visceral, que acomete os órgãos internos; e a cutânea, que agride as mucosas e a pele.

Durante este mês, os profissionais do CCZ estão visitando os bairros que foram mapeados com casos positivos da doença em seres humanos. Localidades como N-2, N-5, N-10 e N-11 (no Perímetro de Irrigação Senador Nilo Coelho), e o Bairro São Gonçalo, tiveram confirmações.

O médico veterinário e coordenador do CCZ, Kahel Neves, explica sobre os tipos da doença e sua forma de transmissão. “Esse inseto, ao picar o animal infectado, se infecta e transfere o protozoário ao picar o humano. Com isso, podemos dizer que as matilhas são um dos principais reservatórios do protozoário, mas é importante lembrar que ele não transmite a doença diretamente para as pessoas”, explicou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.