Câncer de mama e meio ambiente serão discutidos por parlamentares

por Carlos Britto // 14 de maio de 2009 às 09:21

Audiência pública aqui, audiência pública no Recife. Na Assembleia Legislativa de Pernambuco, o tema a ser discutido pelos parlamentares será o aumento dos casos de câncer de mama em função de alterações no meio ambiente. O encontro acontecerá logo mais às 10 horas, no Plenarinho 3 da Assembleia.

A audiência servirá para a apresentação da campanha Preservação da Mama, Responsabilidade Socioambiental, lançada no final de abril durante o 9º Congresso Nacional da Associação da Associação Brasileira do Ministério Público do Meio Ambiente (Abrampa).

O objetivo é despertar a atenção das pernambucanas para os fatores de risco de câncer de mama provocados pela degradação do meio ambiente. A audiência foi solicitada pela deputada Isabel Cristina, que já passou pelo problema.       

Câncer de mama e meio ambiente serão discutidos por parlamentares

  1. ATENTO disse:

    A deputada Isabel Cristina, como sempre, preocupada com todos… Colocando seu mandato em prol de toda a sociedade

  2. Jonhdeible disse:

    Parabens, Deputada Cristina.
    Nossa região é uma das que mais sofrem com a incidencia de cancer, devido aos agrotixicos usados na fruticultura do vale.

  3. Pedro Santana disse:

    São poucos os parlamentares que tem a coragem de enfrentar problemas sociais indo a fundo nas suas causas, porque muitos, por pertencerem a determinados grupos não querem desagradar setores ou colegas. No caso de Isabel Cristina e da promotora Ana Rubia, o que se vê com esta iniciativa é um enfrentamento verdadeiro e necessário de um problema extremamente sério que afeta milhares de pessoas. Só temos que apoiar esta causa.

  4. lucinha disse:

    parabens dra ana rúbia, quanto a professora cristina sem comentário, a sua coragem, seu despreendimento ao tratar esta questão mde emcionam muito, primeiro q passei por isso, mas jamais enfrentaria qualquer debate a respeito e sei que ela enfrenta pela responsabilidade da luta dela porq não e fácil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *