Câmaras de Lagoa Grande e Arcoverde são alvos de operação da PCPE

por Carlos Britto // 26 de maio de 2022 às 08:26

Foto: Ascom PCPE/divulgação

As Câmaras de Vereadores de Lagoa Grande (foto) e Arcoverde, no Sertão, estão sendo alvos de uma operação da Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) deflagrada na manhã desta quinta-feira (26). Batizada de “Capacitados”, a operação tem o objetivo de identificar e desarticular uma associação criminosa voltada à prática de peculato, corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro.

As investigações começaram em agosto de 2019 e foram assessoradas pela Diretoria de Inteligência (Dintel) e pelo Laboratório de Lavagem de Dinheiro (LAB) da PCPE. Na execução, estão sendo empregados 25 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães.

A ação policial é vinculada à Diretoria Integrada Especializada (Diresp), sob a presidência de Andrei Rocha, titular da 1ª Delegacia de Combate à Corrupção (DECCOR), unidade integrante do Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO).

No dia de hoje estão sendo cumpridos seis mandados de busca e apreensão domiciliar, medidas de bloqueio de ativos financeiros, suspensão de atividade econômica e de participação em licitação – todos expedidos pelo Juízo da Vara Criminal da Comarca de Arcoverde. Os detalhes da operação serão divulgados na manhã de hoje, em Petrolina, em coletiva de imprensa com o delegado Andrei Rocha, a ser realizada no auditório da Secretaria da Fazenda, na Avenida Cardoso de Sá, Bairro Atrás da Banca, às 11h de hoje.

Câmaras de Lagoa Grande e Arcoverde são alvos de operação da PCPE

  1. juninho mototaxi disse:

    dificil viu… nao se salva um

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.