Cães de rua preocupam moradores da Vila Eulália

6

Vários cães de rua na Avenida 02 da Vila Eulália, zona norte de Petrolina, estão tirando do sério os moradores e pedestres que passam pela região. Segundo relatos de um leitor, os animais têm avançado contra populares.

A este Blog, João Alexandre disse que chegou a contar 32 cachorros obstruindo a frente de uma casa. “Já liguei para o Centro de Zoonoses, o pessoal até agora não veio ver. Tem cachorro doente, aleijado, de todo jeito”.  “Está muito difícil para a gente porque eles estão até avançando nas pessoas”, denuncia.

Como é sabido, a mordida de um cão não vacinado pode causar várias complicações, como a transmissão de raiva e outras doenças. O Blog chama a atenção das autoridades competentes para as providências cabíveis.

6 COMENTÁRIOS

  1. Recentemente fui visitar um parente no residencial Bernardino fiquei surpreso com a quantidade de animais soltos entre cães, gatos, cavalos, jumentos etc, e segundo este parente o centro de zoonoses de Petrolina frequentemente e cobrado providências referente a estes animais muitos com doenças e lesões devido maus tratos e ninguém toma providências desta situação como disse uma má língua ” cuidar de asfalto e fácil ruim é da saúde das pessoas.

  2. É a mais pura verdade. Também sou moradora nessa avenida e constantemente passamos por sustos e incidentes. Até pra caminhar na avenida está difícil, pois, além das fezes em abundância, aí da fica o medo de sairmos com as crianças e sermos atacados. Peço as autoridades providências. Vejam que algo trágico pode vir a acontecer.

  3. a culpa é de quem pega os bichinhos pra criar e depois abandona, os bichinhos não tem culpa de nada, são vitimas de abandono e maustratos, quem deve ser punido são as pessoas que abandonaram eles, alguém tem que tomar as providências, tem que da um jeito de cuidar dos bichinhos só não pode é maltrata-los, pois eles são vitimas, lá em Gênesis quando Deus criou os animais entregou para que o Homem cuidasse, e o que a gente ver hoje é o Homem maltratando os animais é de cortar o coração, a falta de amor no coração do ser humano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome