BRF anuncia recolhimento de 164,7 toneladas de frango da Perdigão por possível presença de salmonela

0
(Foto: Reprodução)

A BRF (empresa brasileira de alimentos detentora das marcas Sadia e Perdigão) anunciou nesta quarta-feira (13) um recall de cortes de frango in natura da Perdigão produzidos na planta de Dourados (MS). Segundo a empresa, testes no controle de qualidade de lotes produzidos entre outubro e novembro identificaram “potencial risco da presença de Salmonella enteritidis”.

Segundo a empresa, estão sendo recolhidas 164,7 toneladas coxas e sobrecoxas sem osso, meio peito sem osso e sem pele (em embalagens de 15kgs), filezinhos de frango (embalagem de 1kg), filé de peito (embalagem de 2kg) e coração (embalagem de 1kg). Os itens foram produzidos entre 30 de outubro e 5, 6, 7, 9, 10 e 12 de novembro de 2018, e com carimbo de inspeção do S.I.F. 18. Adicionalmente, também estão sendo recolhidas 299,6 toneladas que foram destinadas ao mercado internacional.

A companhia ressalta que esse microrganismo não sobrevive se o alimento for cozido, frito ou assado, o que é a regra no consumo de produtos de frango in natura, conforme descrito na embalagem. Caso esses cuidados não sejam observados, a Salmonella enteritidis representa risco à saúde, podendo causar infecção gastrointestinal cujo sintomas mais comuns são: dores abdominais, diarreia, febre e vômito”, disse a companhia, em nota.

A empresa iniciou a coleta de todos os lotes que estão estocados em pontos de venda. Já os consumidores finais que tenham o alimento em casa devem consultar as datas de fabricação e origem nas embalagens dos cortes de frango e entrar em contato por meio do e-mail recolhimento.sac@brf-br.com ou pelo telefone 0800-031-1315. Equipes internas informarão os procedimentos para substituição, devolução ou ressarcimento gratuito dos produtos. (Fonte: Revista Veja)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome