Bancada evangélica na Câmara de Petrolina se revolta contra governador: “arbitrário”

por Antonio Carlos Miranda // 28 de setembro de 2021 às 13:54

Foto: Blog do Carlos Britto

Como era de se imaginar, a bancada evangélica na Câmara Municipal de Petrolina não deixou barato a decisão do governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), em exigir das igrejas e templos evangélicos o esquema vacinal completo ou teste negativo para Covid-19 a partir de um público de 300 pessoas presentes nesses espaços. Nos discursos, o tom de revolta dos vereadores que integram a bancada era visível.

Primeiro a falar, Diogo Hoffmann (PSC) já foi logo apresentando um requerimento verbal destinado ao presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), deputado Eriberto Medeiros (PP). O pedido é para que Medeiros e os demais parlamentares sustem o decreto do governador, que considerou “arbitrário e absurdo” em relação às igrejas e templos.

Para Hoffmann, fica claro que Paulo Câmara “não gosta de igrejas”. “A intolerância desse governador com os cristãos e as igrejas evangélicas está demonstrada desde os decretos arbitrários de lockdown, que abriam concessionárias de veículos e mandavam fechar as igrejas, sem nenhum critério científico ou estudo que justificasse a adoção dessas medidas restritivas”, disparou o vereador.

Na mesma linha, Ruy Wanderley (PSC) disse que irá apresentar, na sessão da quinta-feira (30), uma moção de repúdio contra Paulo Câmara ao ressaltar que a nova medida representa “uma ditadura sanitária” e uma “perseguição” aos cristãos e evangélicos. “Quem deve proteger os vacinados é a vacina, e não o passaporte sanitário. Quantas e quantas pessoas estão morrendo, e que tomaram a segunda dose? Enquanto vereador, não posso permitir esse absurdo”, declarou Ruy, acrescentando que a medida é inconstitucional.

Osinaldo Souza (MDB) foi outro que não poupou críticas ao socialista, chamando-o inclusive de “anticristão”.   

Questão política

A nova medida do governador também está sendo vista como uma questão política. Hoffmann acredita que seja pelo fato da proximidade das eleições do ano que vem, diante das articulações feitas pela oposição no Estado. Já o líder da bancada, Josinaldo Barros (PSC) acredita que o povo evangélico está sendo perseguido por ter votado no presidente Jair Bolsonaro em 2018. Ele também considerou “irresponsável” a conduta de Paulo Câmara. “Hoje temos os shoppings, os estádios com torcidas voltando, os bares, e ninguém fiscaliza nada”, completou.

Bancada evangélica na Câmara de Petrolina se revolta contra governador: “arbitrário”

  1. Marcos disse:

    Esta errado nobre Governador, deixam estes negacionistas livres, leves e soltos, assim eles podem alcançar o paraíso mais cedo.

  2. Jonas disse:

    Quando se fala que esses governantes de viés esquerdista são projetos de ditadores, muita gente não acredita. Esses pseudo democráticos, que falam sempre mansamente, politicamente correto, são os piores, porque são dissimulados, e parece que o Câmera lenta está se tornando o maior expoente deles. Esse autoritário fechou igrejas sem nenhum critério científico, enquanto liberou atividades de seus “amiguinhos” integrantes do governo, como no caso das concessionárias, muito bem lembrado pelo vereador. Agora vem com mais uma arbitrariedade ao exigir comprovante vacinal para se ter acesso aos templos, medida essa tomada sem nenhuma base científica, intimidando e constrangendo os fiéis a se submeterem a um experimento científico que são as vacinas para covid, isso tudo ao arrepio da Constituição Federal que garante a livre reunião pacífica, e a liberdade de crença e culto. Ele já fechou igrejas, intimidou líderes religiosos, e agora exige que os fiéis sejam forçados a, como cobaias, se submeterem a vacinas experimentais, cuja ineficácia já está mais que comprovada, é só ver os inúmeros casos de vacinados que ora pegam a doença ora até morrem por causa dela. O que falta mais a esse senhor fazer? Exigir a cópia dos sermões antecipadamente pra ver se o mesmo “ofende” alguma minoria ou é contra alguma ideologia governamental? Ou será que ele vai construir campos de concentração para pessoas que se recusarem a serem utilizadas como cobaias desse grande experimento internacional? Será que os líderes religiosos vão abaixar a cabeça para mais essa arbitrariedade? Como se diz no quartel: “Ordem ilegal não se cumpre”, que dirá de uma ordem arbitrária e imoral!

  3. Marcos disse:

    Comparar a aglomeração provocada por uma concessionária a de uma Igreja, realmente você deve se superou, e deve ser desprovido de qualquer massa cefálica, saiba que até na Idade Media, as Igrejas fecharam nas épocas de pandemia, não por que recebiam qualquer ordem, mas talvez por que fosse mais conscientes que os alucinados de hoje, por estas e outras que tenho tomado verdadeiro ojeriza a certos “crentes”, nojo mesmo no sentido literal da palavra.
    Então não se vacinem, comprem o feijão milagroso do Pastor Valdomiro, vacina faz mal, tem um chip chines, assim chegarão logo ao sonhado paraíso.

  4. Marcos disse:

    Por causa da ausência de vacinas, do que o comentário acima chama do grande experimento internacional (Vacina Covid), a qual louvo e dou o nome de Ciência, muitos ainda pagarão com a vida, e estando num leito de UTI, é muito tarde para o arrependimento, o Pastor ou o Bozo não terão nenhum poder, é muito triste, pela ignorância, não terão uma segunda chance para o arrependimento, isto é o mais triste de tudo isso, é o preço da cegueira e do negaciosismo. A humanidade está regredindo pela ignorância.

  5. Marcos disse:

    Retificando: Por causa da ausência de vacinas, do que o comentário acima chama do grande experimento internacional (Vacina Covid), a qual louvo e dou o nome de Ciência, muitos ainda pagarão com a vida, e estando num leito de UTI, é muito tarde para o arrependimento, o Pastor ou o Bozo não terão nenhum poder, é muito triste, pela ignorância, não terão uma segunda chance, isto é o mais triste de tudo isso, é o preço alto da cegueira e do negacionismo. A humanidade está regredindo pela ignorância.

  6. Luiz disse:

    Pra começar, nem deveria existir bancada evangélica. só no nosso Brazilzão mesmo.

  7. Só Jesus salva disse:

    Quando leio esse tipo de notícia sempre fico com a impressão de que essas pessoas acreditam mais no pastor do que em Jesus Cristo. É assim mesmo, até nisso a palavra da Bíblia está se cumprindo.

  8. Jonas disse:

    Ao comentário do Marcos:
    Negacionista é quem impõe medidas draconianas de restrição sem qualquer estudo científico sobre o tema. Desafio você a mostrar o estudo científico que embasou os lockdowns, fechamento de estabelecimentos comerciais, igrejas, e que não seja pura propaganda (travestida de ciência) cujo objetivo é levar terror e medo a todos a fim de deixar a população suscetível a aceitar todas as arbitrariedades que estão sendo sistematicamente implementadas. Muita gente está lucrando horrores com essa pandemia, principalmente os bilionários internacionais, alguns deles ligados às industrias farmacêuticas produtoras de vacinas, e outros ligados à indústria de tecnologia, bastante beneficiadas com a política do “fique em casa”, mas claro, isso é apenas uma coincidência. Se você quer tomar a vacina, seja feliz, afinal ela vai te proteger, e você não corre o risco de pegar mais o vírus, não é mesmo? Afinal de contas, esse imunizante já passou por todos os protocolos estabelecidos há anos que atestam a eficácia e segurança do medicamento no médio e longo prazo, né? Mas, de repente, se algo der errado em quem se vacinou , o seu governador querido vai se responsabilizar pelos danos, não é? Ou talvez a indústria farmacêutica assuma a responsabilidade, né? Não, de jeito nenhum, você vai se virar sozinho, porque, por ser experimental, os riscos são inerentes ao experimento, está no contrato de aquisição dos imunizantes. Você pousa de sabichão, defensor da ciência, mas contra a própria ciência defende algo que não passa de um experimento científico porque não passou por todas as etapas necessárias para receber o status de “testado e comprovado cientificamente “. Mas a sua contribuição como cobaia será reconhecida se daqui há alguns anos tudo der certo, talvez até ganhe um troféu, quem sabe. Só não queira que todos sejam forçados a serem cobaias como você livremente e conscientemente o é. Afinal, todos os seus argumentos não vão além do que passa no Jornal Nacional, ou das opiniões de “renomados” cientistas como Drauzio Varela, Átila Iamarindo e Anita, e, como papagaio de pirata, você só faz repetir a fala deles. Com relação à minha pequena massa encefálica, ela está em constante aprendizado, e, principalmente, tenho-a mantido afastada da lavagem cerebral que atingiu a sua.

  9. cicero disse:

    Ao Jonas: A que ponto chega o fantástico religioso, são casos para estudo, as pessoas deixam de acreditar na ciência, para seguir o Pastor ilibado da Igreja, a vacina está dando aqui no País e no Mundo, com comprovação cientifica e queda de mortes, inclusive os Pastores que orientam os alucinados a não se vacinarem, fazem o contrario, pois bestas são vocês que os seguem, que poe em risco a vida por estes vendilhões da fé, é muita merda reunida único texto, a vontade de vomitar transcende.

  10. PENSADOR disse:

    Muito simples, nenhum governador está preocupado com o ajuntamento de pessoas, senão se faria a proibição de só adentrarem em Supermercados, farmácias etc., uma pessoa por família, e não rara vez vemos duas três pessoas de uma mesma família fazendo compras, inclusive com crianças a tiracolo. Esses governadores querem é chocar e fazerem frente ao governo federal, não estão nem pouco preocupados com o povo.

  11. Mariah disse:

    Bancada evangélica, o pastor deles que nen mesmo estudo tem, que interpreta a Bíblia como um livro comum, repassa para os ignorantes aquilo que acha que compreendeu, vai interpretar de que maneira a ciência? Que lamento ver essa gente nada cristã achar que pode mais que Jesus Cristo, mais que Deus.
    Viva a Vacina
    Viva o SUS
    Viva a Ciência

  12. Mariah disse:

    Bancada evangélica, o pastor deles que nen mesmo estudo tem, que interpreta a Bíblia como um livro comum, repassa para os ignorantes aquilo que acha que compreendeu, vai interpretar de que maneira a ciência? Que lamento ver essa gente nada cristã achar que pode mais que Jesus Cristo, mais que Deus.
    Viva a Vacina ,
    Viva o SUS,
    Viva a Ciência .

  13. Petrolinense nato disse:

    Marcos, desista…kkkk no dia que educação for prioridade no Brasil essa realidade muda…

  14. Jonas disse:

    Ao Cícero.
    Você fala em ciência, mas contra a própria ciência você defende algo que não passou por todos os protocolos científicos para comprovação (não sou eu quem está dizendo, mas as próprias fabricantes das vacinas, é só ver o contrato de fornecimento assinado). Talvez não saiba, mas ciência não é o fim em si mesma, mas meio, processo, metodologia, daí o nome metodologia científica que é utilizada para dar um lastro de segurança nas pesquisas realizadas por acadêmicos. Ou seja, a ciência não diz nada, ela só oferece condições para que o pesquisador tire conclusões com menor probabilidade de erro, obedecendo à metodologia científica para cada assunto pesquisado, e, com relação a essa vacina da covid, ela não passou por todas a etapas, protocolos e metodologias científicas que os próprios cientistas estabeleceram durante anos de aprimoramento das pesquisas relacionadas ao caso. A não ser que você considere a “ciência” como uma religião, aí sim, tudo que supostamente ela diz será considerado, para seus adeptos, verdade incontestável, insuscestível de questionamento ou prova em contrário, aí, meu caro, não há espaço pra debate pra quem pensa assim. O grande problema, a meu ver, não é a pessoa acreditar ou não na vacina, mas na liberdade que cada um deveria ter de escolher se quer ou nao inocular um substância no corpo que não se sabe ainda seus efeitos no corpo humano no médio e longo prazos; e é essa liberdade de escolha que está sendo atacada por essa decisão do governador de Pernambuco, assim como qualquer medida que venha a ser adotada, estabelecendo passaportes vacinais para adentrar em espaços públicos, ou como condição para exercerem suas profissões. Quem parece estar alucinado com as vacinas é você, talvez a campanha massiva da mídia podre, que recebe pesados recursos das indústrias farmacêuticas, tenha lhe feito uma lavagem cerebral, tornando incapaz de ver além do que eles querem que você veja.
    PS. Não foi nenhum pastor que me disse isso não. Se você apenas observar os fatos com boa fé (observação é um dos principais métodos científicos), desprovido de pré conceitos, vai perceber que tem algo muito estranho no ar. Passar bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *