Bahia: Mais de 1,7 mil gestores se reúnem em encontro estadual do Bolsa Família

por Carlos Britto // 17 de janeiro de 2012 às 16:00

Começou hoje (17) o 2º Encontro Estadual do Programa Bolsa Família que vai reunir mais de 1,7 mil gestores em Salvador, com o objetivo de discutir as perspectivas e desafios do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e as ações do programa alinhadas ao Plano Brasil Sem Miséria.

O governador Jaques Wagner, a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, gestores e instrutores do CadÚnico dos 417 municípios da Bahia, prefeitos e representantes de secretarias estaduais e dos ministérios do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), da Educação (MEC) e da Saúde estarão presentes no evento.

 A ministra Tereza Campello apresentou o programa “Brasil Sem Miséria”, e afirmou que a Bahia é um dos estados estratégicos e importantes para o Bolsa Família. “Estão aqui mais de 2,4 milhões de baianos, mais de 17% da população em extrema pobreza no Brasil“, informou.

Um total de 750 famílias baianas receberam o “Bolsa Família” em 2011, que representa um investimento de R$ 2,2 bilhões. Para Carlos Brasileiro, secretário de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza e Coordenador do “Bolsa Família” na Bahia, a expectativa do encontro é que as prefeituras se envolvam mais e percebam a importância do programa e dos benefícios que ele traz às famílias cadastradas. O encontro estende-se até amanhã (18). (Da Assessoria c/foto)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *