Carlos Britto

55977 POSTS 90 COMENTÁRIOS

FBC reúne-se com agricultores e discute interrupção no abastecimento d’água do Pontal há 20 dias

0
Foto: Jacó Viana/divulgação

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) discutiu nesta sexta-feira (21) com agricultores e o vereador de Petrolina, José Batista da Gama (PDT), a situação do Projeto Pontal e eventuais medidas a serem adotadas com o corte do abastecimento de água para as 450 famílias da região. Segundo o Conselho de Usuários da Água do Sistema Perenizado (ConsuPontal), faz 20 dias que a 3ª Superintendência Regional (SR) da Codevasf alega problemas nas bombas de transmissão.

Pelo menos 20 comunidades e assentamentos já sofrem com o desabastecimento. Até agora, os agricultores têm racionado a água dos reservatórios. Mas, de acordo com o presidente do ConsuPontal, Antônio Averlangem Corcino, essa é uma solução emergencial. “Nós prevemos que, se continuar sem o fornecimento, no máximo em 30 dias algumas propriedades vão ficar sem uma gota de água“. Como os reservatórios variam de tamanho (pequeno e grande), Corcino também avalia que muitas famílias podem se aprofundar na crise antes disso. “Nos pequenos, a água está pouca“, alertou.

Fernando Bezerra solicitou ao grupo de agricultores a elaboração de uma proposta que buscasse equilibrar a relação entre os moradores do Pontal e a Codevasf.

O senador disse estar sensível a situação dos produtores, porém lembrou que a legislação impede que a 3ª SR forneça água, sem outorga. “Ele sugeriu a ideia de o ConsuPontal propor o pagamento da água. Nós vamos elaborar esse documento e encaminhar para a Codevasf, fazer as análises técnicas junto aos profissionais da entidade, demonstrando, assim, que o ConsuPontal tem o interesse em pagar pelo fornecimento”, indicou Corcino.

Levantamento

Na oportunidade, o vereador Zé Batista apresentou a FBC o levantamento de área irrigada do perímetro Pontal Perenizado – produzido em colaboração com o ConsuPontal. Durante seis meses, uma equipe com um engenheiro agrônomo e dois técnicos mediram o potencial irrigável da área, os hectares de plantações, bem como o número de empregos diretos e indiretos gerados com a produção de frutas. Para ele, a descontinuidade ou até mesmo a falta de abastecimento d’água, em alguns locais, continua sendo uma barreira para o total desenvolvimento do Projeto. “Nós temos cerca de 300 hectares plantados naquela região e outros 1.705 hectares disponíveis. Agora para plantar tem de ter água, e é por essa razão que estamos pedindo o apoio do senador“, avaliou Zé Batista.

Estiveram presentes na reunião toda a diretoria do ConsuPontal, que também solicitou um momento com o superintende da 3ª SR, Aurivalter Cordeiro, para a próxima semana. Após o encontro, não houve entrevista com o senador.

Porque hoje é domingo… Roupa Nova – “Cartas”

1

Josimara e prefeitos do São Francisco vão à Jarbas em Brasília

0

A prefeita de Dormentes (PE) Josimara Cavalcanti (PTB) está em Brasília e, aproveitando a retomada dos trabalhos na Câmara dos Deputados, visitou nesta terça-feira (16) o gabinete de Jarbas Vasconcelos (MDB), eleito senador no último dia 7.

Na pauta, a busca por mais recursos principalmente nas áreas de saúde, educação, agricultura e obras de infraestrutura.

Jarbas, que foi apoiado pela prefeita, recebeu 5.028 votos no município de Dormentes.

Além de Josimara, o senador eleito recebeu também os prefeitos de Orocó, Gueber, e de Cabrobó, Marcílio Cavalcanti (MDB).

Humberto Costa defende alinhamento com PSB em Pernambuco, mas garante que subirá no palanque de Marília Arraes se candidatura própria do PT prevalecer

0

O senador Humberto Costa (PT) voltou a defender o alinhamento entre PT e PSB em Pernambuco, com apoio à reeleição de Paulo Câmara. Ele afirmou que a sua defesa é de uma “tática eleitoral e política”. A declaração foi dada ao Programa ‘Manhã Total’, da Rádio Pajeú. Humberto disse que tem conversado sobre esse alinhamento com a presidente do partido, Gleisi Hoffman, mas frisou que a decisão será da legenda no Estado.

Esse debate será resolvido pelo PT em Pernambuco”. Perguntado se a defesa não seria a busca pela salvação do seu mandato em detrimento do projeto estadual, Humberto disse que não, acrescentando que o partido está sofrendo com as recentes baixas. “Essa (a manutenção do mandato) não é a motivação principal. Ao contrário. Estaremos trabalhando para o futuro do PT. Depois da saída de nomes como João Paulo, Osmar Ricardo, Genival Menezes, o PT tornou-se um partido bem menor do que já foi. Temos que voltar a fazê-lo grande“.

Ele defendeu a aliança como o melhor caminho para eleger mais deputados estaduais e federais. “Acho que o melhor caminho é o da aliança. A questão do Senado é uma prioridade do partido em nível nacional”.

Perguntado se subirá no palanque de Marília Arraes, caso prevaleça a tese de candidatura própria ao governo, Humberto garantiu que sim. “Claro que subo. Estou no PT há mais de 20 anos e jamais deixei de cumprir uma decisão sequer. Esse é um debate sobre uma questão tática, do que é melhor para o PT nesse momento, também nacionalmente. Não só seguirei como farei frente para defender a candidatura dela ou de quem quer que seja, escolhido s e for vontade do PT”, disse. (Com informações de Anchieta Santos/a para o Blog)

Ciclistas continuam ignorando perigo nas avenidas de Petrolina

1

A cena é cada vez mais rotineira: na Avenida Sete de Setembro, uma das mais movimentadas de Petrolina, alguns ciclistas continuam ignorando completamente o perigo e arriscando suas vidas.

Na foto registrada por um leitor do Blog, o homem de bicicleta ‘gruda’ na traseira do caminhão, sem se importar com a quantidade de veículos vindos logo atrás. Um perigo mesclado com imprudência, cuja combinação pode terminar em tragédia.

O Blog que você acredita

4

1422814_541415625932565_496285946_n

Curta nossa página no Facebook

0

306728_457282457656725_333565380_n

Violência desenfreada em Juazeiro e Petrolina deixa população refém do medo

2

Os frequentes casos de homicídio ou tentativa de homicídio registrados semanalmente no município de Juazeiro (BA), constatam o que já salta aos olhos faz tempo: a violência saiu doscontrole das autoridades na principal cidade do norte baiano.

No último final de semana, por exemplo, a criminalidade continuou a fazer suas vítimas. Três assassinatos foram registrados em menos de 24 horas. Os casos aconteceram nos bairros São Geraldo, Água Bela e Itaberaba, respectivamente.

A escalada da violência tem assustado os moradores, que estão pagando o preço de ficarem trancados dentro de suas residências. As estatísticas de Juazeiro também refletem os números em Petrolina, que também vem sofrendo com a criminalidade desenfreada.

As duas principais cidades do Vale do São Francisco seguem o exemplo do que está ocorrendo em todo o País. Apesar do expressivo número de homicídios, os assaltos e outros tipos de delitos também aumentam. A polícia já informou inúmeras vezes que a maioria das mortes está relacionada ao tráfico de drogas.

As forças policiais bem que tentam, mas sem apoio e nem infraestrutura por parte dos Governos da Bahia e Pernambuco, fica complicado combater criminosos cada vez mais preparados e ousados.

O Mapa da Violência aponta que o número de homicídios no Brasil sobe a cada ano, o que resulta em uma média de 154 mortes por dia. Só no ano passado, Juazeiro e Petrolina registraram, juntas, mais de 200 assassinatos. Refém do medo, a população clama por mais segurança, enquanto os bandidos parecem cada vez mais certos da impunidade. Até quando?

Justiça Federal realizará audiência pública para discutir “precariedade” do atendimento médico no HU

1
Sede da Justiça Federal em Petrolina. (Foto: Duda Oliveira/Blog do Carlos Britto)

A Justiça Federal em Petrolina, por intermédio da 17ª Vara, irá promover no próximo dia 29 de agosto, às 9h, uma audiência pública no auditório da Subseção Judiciária da cidade para discutir a precariedade do atendimento médico no Hospital Universitário (HU) de Petrolina. Segundo o edital de convocação da audiência, a falta de médicos na unidade de saúde será o tema central da reunião, que é aberta a qualquer cidadão que tenha interesse na temática.

A audiência, conforme o edital, também tem a finalidade de “ampliar a participação popular nesta ação coletiva, tendo em conta a complexidade e a abrangência do tema trazido à apreciação judicial e sua grande repercussão social”. Contratação de médicos e aquisição de novos equipamentos para o HU também deverão pautar a audiência.

Foram convidados a participar da audiência, além de representantes da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), órgãos dos municípios de Petrolina e Juazeiro que fazem parte da Rede PE/BA, a exemplo das Secretarias de Saúde, Câmaras Municipais, representantes da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Ministério Público de Pernambuco, associações médicas de Pernambuco, entre outros.

O edital diz que será oportunizada a manifestação dos representantes dos órgãos e associações convidados e das pessoas físicas que formularem, até o próximo dia 19/8, requerimento solicitando sua participação, a ser remetido para o e-mail [email protected] Manifestações de cunho político não serão permitidas durante o evento. Outras informações sobre a audiência podem ser conferidas acessando o edital aqui.

Petrolina
céu pouco nublado
28 ° C
28 °
28 °
48%
2.1kmh
20%
ter
28 °
qua
28 °
qui
29 °
sex
27 °
sáb
28 °