Suplentes de vereadores aumentam pressão por vagas nas Câmaras Municipais

por Carlos Britto // 15 de junho de 2009 às 15:37

O leitor e coordenador da 8ª Ciretran, Adalberto Filho, nos envia uma matéria sobre as novidades em relação ao aumento de vereadores nas Câmaras Municipais do país. Confira:

Está prestes a dar resultado a pressão dos suplentes de vereadores para aumentar as vagas nas Câmaras Municipais. O movimento inclui uma suposta greve de fome, cartas diárias de reclamação, corpo a corpo com parlamentares e técnicos, barulho nas galerias do Congresso, corredor polonês na Presidência da Câmara e mais de 200 pessoas circulando por gabinetes do Congresso Nacional.

Agora, o aumento de cargos reivindicado pelos vereadores está a um passo de ser concretizado, já que a redução de gastos está na pauta do plenário do Senado. A proposta inicial previa uma redução de cerca de R$ 3,5 bilhões nas despesas. Graças à pressão dos vereadores, caiu, na última quarta-feira, para R$ 1,4 bilhão. Um acordo político já deixou encaminhada a aprovação da matéria em segundo turno. Líderes partidários acertaram acelerar a votação para agradar os vereadores e suplentes. O tema está sendo tratado com tanta velocidade por haver um acordo na Câmara para votar a PEC.

O lobby dos suplentes de vereadores foi intenso durante todo o processo de tramitação. O suplente de vereador Aroldo de Azeredo (PSB) afirma estar em greve de fome para acelerar a votação da proposta. Organizados pela União Nacional dos Vereadores (UNV), os políticos se aglomeraram no corredor diante da Presidência da Câmara para pressionar o deputado Michel Temer (PMDB-SP) a promulgar o aumento dos cargos.

Suplentes de vereadores aumentam pressão por vagas nas Câmaras Municipais

  1. Watergate disse:

    Obvio que vai ter pressão!
    Todo mundo quer mamar!

  2. assessores disse:

    Como fica nossa situação?

  3. Tatau disse:

    Grevista de fome por pleito deste tipo morre de fome.Ladrões oficializados neste país já tem mais da conta. Precisamos enxugar e purificar o nosso congresso Nacional, Legislativos Estaduais e Câmaras municipais.

  4. ATENTO disse:

    Ainda bem que o presidente da Câmara, Michel Temer, já disse que não promulga a PEC, mesmo depois de votada em dois turnos, na Câmara. Vai morrer de fome quem tá fazendo greve. Espere pra 2012, se quiser! Chega de mais imoralidade.

  5. SOBREVIVENDO disse:

    As Camaras de Vereadores em todo Brasil estão funcionando bem demais com o atual número de edis. Pra que aumentar agora? É deixar que os números se estabeleçam naturalmente. Provavelmente, em 2012, Petrolina já alcance o número de 21 veradores ou perto disto.

  6. José disse:

    A politica virou mania de preguiçoso e de pessoas q naum kerem + trabalhar e com 2ªs intenções. Duvido q morra um grevista e essa greve ainda continue. Pq naum estudar para um concurso em vez de fazer greve de fome? esta obvio q essas lidaranças kerem mais é a moleza sem trabalho. Ja ta na hora de o povo brasileiro deixar de ser lesado e o politicos trablharem+.
    Obrigado!!!

  7. derrotados disse:

    Paulo Cavalcanti, Chico Freire, Adalberto Bruno, Dr. Moisés. VC tem que respeitar a democracia e o resultado das urnas devem ser respeitadas.

  8. benne disse:

    ESTOU NA TORCIDA….Q NÃO VOTEM!!! QUERIA Q VOTASSEM DUAS(02) COISAS. Q VEREADOR TRABALHASSE A SEMANA INTEIRA. E Q FOSSEM OBRIGADOS A ABRIR MÃO DE SUAS FUNÇÕES. SÓ ASSIM ABRIRIA ESPAÇOS P OUTROS…E DE FORMA DEFINITIVA. JÁ Q ELES POLITICOS JAMAIS FARÁ ISSO. QUEM SABE O SUPREMO UM DIA NUM FAZ ESSE FAVOR PARA NÓS.

  9. Feeling disse:

    NÃO Já CHEGA! Só o fato de ter Leonardo Bandeira e Alex Tanuri atrapalhando e reclamando sem apresentar soluções para os entraves municipais já valem por uns 20! Chega de aproveitadores que só reclama e dizem estar representando o povo, falar e reclamar o povo sabe fazer agora não podemos é agir já que isso é função dos nobres Vereadores porque não o fazem? Este País vai longe!

  10. O.O disse:

    E a Educação? A saúde? A violência?

  11. francisco antonio ramos disse:

    BALDE DE ÁGUA FRIA-Envolvidos com o mais cabeludo de todos os escândalos recentes – os chamados atos secretos – senadores da base e da oposição concluíram que seria dar mais um tiro no pé colocar a PEC dos vereadores em votação na sessão de hoje. Mesmo que a matéria seja votada e aprovada as chances de ser promulgada são mínimas. Em resposta a uma consulta da Câmara, o TSE diz que a mudança só valeria nas convenções, ou seja, seis meses antes das eleições municipais.

  12. Afraniense disse:

    A politica no Brasil virou uma verdadeira vaca de leite para os “POLITIQUEIROS”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *