Através de sistema de cadastro de celulares, polícia já recuperou mais de 60 aparelhos este ano em Petrolina

0
Delegado Daniel Moreira. (Foto: Blog do Carlos Britto)

Para tentar diminuir as ocorrências de um dos crimes mais comuns nas ruas de diversas cidades brasileiras – o roubo de celular -, a polícia pernambucana vem utilizando uma ferramenta imprescindível. O sistema ‘Alerta Celular’, disponibilizado no site da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE),  cadastra celulares no estado para facilitar a localização dos donos em possíveis casos de roubo ou furto.

A recuperação dos celulares acontece após a conferência do IMEI, sigla em inglês para Identificação Internacional de Equipamento Móvel. O número é encontrado no interior do aparelho ou digitando o código *#06#. Para a polícia, o IMEI é o dado mais importante dentro do Alerta Celular, mas também é necessário informar CPF do dono do dispositivo, e-mail e um telefone de contato.

Em Petrolina, segundo o delegado Daniel Moreira, titular da 214ª Delegacia, a Polícia Civil (PC) vem realizando esse trabalho diariamente. Os resultados, segundo ele, são satisfatórios. “Temos feito esse trabalho de rastreamento diariamente. Este ano, já recuperamos mais de 60 aparelhos celulares furtados e roubados“, informou o delegado, durante entrevista ao Programa Carlos Britto, na Rural FM (103,1).

De acordo com Daniel Moreira, o aparelho celular ainda é o principal alvo de roubos em Petrolina. “A maioria dos roubos em Petrolina é de celulares, mas a gente tem como rastrear e temos feito isso“, disse, lembrando que “a pessoa que compra objetos ilícitos também pode ser presa por receptação”. Vale destacar que, em caso de roubo, é importante registrar um boletim de ocorrência na delegacia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome