As supostas ‘farras’ das diárias na Casa Plínio Amorim e as eleições 2020

5
Câmara Municipal de Petrolina. (Foto: Blog do Carlos Britto)

Ninguém sabe ao certo o tamanho do estrago, na Câmara Municipal de Petrolina, causado por uma denúncia que correu pelas redes sociais acerca de uma suposta ‘farra’ de diárias para viagens dos vereadores. A única certeza é o mal-estar e a indignação que deixou naqueles que se sentiram ofendidos.

Conforme este Blog publicou, a denúncia apontava que, dos 23 vereadores da Casa Plínio Amorim, 19 teriam ‘torrado’ mais de R$ 166 mil com as diárias entre os anos de 2017 e 2020. Apenas Gabriel Menezes (PSL), Edilsão do Trânsito (MDB), José Batista da Gama e Gaturiano Cigano (DEM) não estão nessa lista.

Nos bastidores, os comentários são de que a denúncia foi compartilhada por uma assessora de Gaturiano, que já contestou a informação. Ele contestou sobre a assessora, não sobre as diárias. Disse que vai buscar um levantamento minucioso junto à assessoria da Casa, porque também não gostou de ouvir do colega governista Gilberto Melo (DEM) de que se tratava de uma “fake news”.

Mesmo dizendo que não gostaria de expor seus pares, Gaturiano dificilmente conseguirá que isso não aconteça. Até porque, na sessão virtual da última terça (30/06), o que mais foi cogitado pelos vereadores presentes é de que a denúncia tem tudo a ver com o ano eleitoral. É muito provável que seja isso mesmo. No entanto, se Gaturiano levar em frente sua disposição de dar nome aos bois, e se existe mesmo essa tal ‘farra’, os efeitos tendem a ecoar nas urnas deste ano – ou para os denunciantes ou para os denunciados. Quem viver, verá.

5 COMENTÁRIOS

  1. O próprio Gilberto falou que gastou em viagem para estudar e se qualificar na Matemática Financeira. Pois bem, desde quando se pode colocar um desqualificado na comissão de Finanças da Camara que movimenta Bilhões?

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome