Artigo do leitor: “Os equívocos do isolamento em relação às igrejas em Juazeiro”

22

Para o pastor Lincon Marcelo, o fechamento das igrejas em Juazeiro (BA) não foi a melhor medida tomada pela prefeitura municipal contra a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Neste artigo ele elenca seus argumentos.

Confiram:

Embora eu respeite opiniões que são divergentes da minha, não concordo com o fechamento das igrejas em Juazeiro, e eu explico.

Primeiro porque as igrejas estão na vanguarda dos cuidados. E todas elas! já está mais do que comprovado, pelo fatos, que se o isolamento fosse tão eficaz, na forma que vem sendo feito, não estaríamos nessa situação, por já estarmos há quase quatro meses em isolamento. E olha aonde chegamos, antes de abrir comércio e liberar as Igrejas.

Em segundo lugar, este modelo de isolamento adotado, na forma como está sendo colocado em prática em Juazeiro, é a maior hipocrisia. Sabe por quê? Os locais mais propícios para retransmissão, todos os dias, estão abertos e repletos de pessoas. Quer exemplos? Ceasa, os grandes supermercados, as casas lotéricas e etcetera.

Em terceiro, se esses políticos que defendem isso estivessem de fato preocupados com as pessoas, a saúde não seria esse fracasso que é em Juazeiro. Sabemos que o maior medo com a Covid-19 é a falta de um Sistema de Saúde estruturado, que possa atender muitos de uma vez. E olha que tiveram tempo de sobra para terem feito algo bom. Só que os desvios não permitiram. Agora querem dizer pra mim que, hoje, estão preocupados com o povo? Vão enganar a outro. A mim não!

Em quarto lugar, as pessoas são livres para tomarem as suas decisões. Mas são responsáveis! Ninguém é louco de vacilar com a Covid-19. Em quinto lugar, nos preparemos pra vermos, se nada for feito agora, no final disso tudo o estrago que vai ficar nos cofres públicos. Nós precisamos orar.

Em sexto lugar, já existem na cidade muitas pessoas ficando com muitos problemas graves de ordem emocional. Transtornos psicológicos, depressão, temos um alto índice de suicídios, etc. É cientificamente comprovado que pessoas que oram e se reúnem em torno da fé têm mais saúde emocional e força motivacional pra enfrentarem as dificuldades.

Essa questão de fecharem ou de liberarem as Igrejas para cultuar se definirá na maneira como se vê a igreja e a sua importância. Para mim, a igreja ela está sendo sumamente essencial e acredito que, com responsabilidade nos cuidados de higienização, elas deveriam abrir e trazer saúde.

Lincon Marcelo/Pastor

22 COMENTÁRIOS

  1. A igreja preocupada com seus fieis pode muito bem se adaptar as atuais circunstâncias, realizando cultos virtuais, oferecendo apoio aos fieis por meio de chamadas etc. Não é preciso ser cientista pra saber que o vírus vai facilmente se propagar com muita gente aglomerada. A quem realmente interessa as igrejas lotadas ??

  2. Este Sr, deve ser mais um que supostamente vende ilusões, e lucra com a fé, de gente alienada, e deve votar no “mito”, o cristão que idolatra torturadores, a religião sempre foi um atraso na humanidade, quando usada de forma equivocada, a ciência poderia a anos luzes hoje, se não a religião na idade média.
    Manda este povo esperar por pastores, e não pela ciência.

  3. Prefiro alguns ateus que conheço a certos “cristãos”, colocam a bíblia debaixo do braço, vão ao culto, mas o coração, serem incapazes de ajudar o próximo, preconceituosos, lixos humanos.

    • Quanta intolerância religiosa! Esses que falam em caridade e amor ao próximo são incapazes de respeitar a fé dos cristãos, elencaram como seu deus uma ideologia, um partido político, ou até mesmo a ciência (como se a ciência fosse algo autônomo e infalível). Meu caro, a ciência que você tanto exalta nada mais é que um conjunto de premissas, observações e regras para que um artigo ou experimento seja considerado científico, nada mais que isso, as conclusões que se chegam desses artigos e experimentosa são em sua maioria pessoais e subjetivas, muitas delas com impressões e ideias pré concebidas de quem as emite. Hoje, muito mais que antes, a tal “ciência” virou disputa ideológica dos mais distintas estruturas de poder: Há cientista pra quem quiser e quem pagar mais, em todo caso, os tais pareceres serão favoráveis ao lado a que pertencer o cientista. Temas como “big bang”, origem da vida, evolução das espécies, dentre outros, são apresentados como científicos, mas não passam de ficção científica, sem comprovação sustentável, apenas ilações, suposições, e em alguns casos, muita fé pra acreditar. Sabe por quê? Porque nos tais postulados científicos há sempre um componente que não se pode simular nos experimentos, qual seja, o tempo. Como simular milhões, e em alguns casos bilhões de anos, em um laboratório? Impossível! É aí que entra o componente fé(e muita) pra acreditar na teoria que se está ventilando; e,de fé por fé, prefiro acreditar na Bíblia que me diz que um criador fez todas as coisas, sabe por quê? Porque é mais lógico e científico.

  4. É simples. É só cumprir as normas e obedecer as autoridades nas coisas coerentes. É ensinado que devemos nos submetermos às autoridades. Não trazem debalde a espada. Doença pega em qualquer um. Todos estamos sujeitos as mesmas coisas debaixo do sol. Deu seja louvado em qualquer lugar e de qualquer lugar. Deus não é tão exigente quanto esse pastor.

  5. “Os locais mais propícios para retransmissão, todos os dias, estão abertos e repletos de pessoas. Quer exemplos? Ceasa, os grandes supermercados, as casas lotéricas e etcetera.” – É sério isso? Cidadão, o abastecimento de alimentos vai sair da sua igreja??? É uma anta mesmo. É tanta burrice e oportunismo que não vale nem a pena comentar.

  6. Não seja inocente, pastor; O senhor achava que uma cidade gerida por Partido Comunista não iria a proveitar a pandemia para atacar seu maior inimigo, O Cristianismo? Comunista sendo comunista, e comunismo sempre combateu e odiou o cristianismo, simples assim.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome