Artigo do leitor: Largura de calçadas em construção no bairro Piranga, em Juazeiro, causa reclamação

0

calçada pirangaEm e-mail enviado a este Blog, a comunitária Natália Cavalcante chama a atenção para a largura das calçadas usadas para a travessia nos canteiros da Rua Edvaldo Franco, no bairro Piranga, em Juazeiro (BA), via de grande fluxo de veículos.

Ela diz que algumas calçadas estão sendo feitas por completo e outras somente pela metade. A comunitária reclama, ainda, da falta de acesso para pessoas com deficiência e idosos.

Acompanhem:

calçada piranga2A Rua Edvaldo Franco, no bairro Piranga, em Juazeiro (BA), que liga duas avenidas importantes da nossa cidade, está sendo pavimentada e a Prefeitura está agora investindo no trecho, com a construção de calçadas nos dois lados do canteiro. Mas tem um porém, que reflete nas insatisfações e anseios da comunidade.

Algumas calçadas estão sendo feitas completamente e outras pela metade. Qual a explicação de tal descaso? Quanto vale para completar uma calçada de 0,30 centímetros? Algumas pessoas da empresa que está fazendo disseram que o padrão é de um metro e meio. Quem pode esclarecer sobre aquelas calçadas de dois metros feitas pela mesma empresa, ou aqueles calçadas que a empresa só fez o complemento para não quebrar? Assim como a pavimentação, as calçadas estão sendo construídas com recursos próprios do Município? Quem fiscaliza? Devo completar 0,30 centímetros para ter minha calçada de volta? O prefeito vai inaugurar desta maneira?

Peço que venha para dar uma explicação. A calçada deveria ter uma subida para pessoas com deficiência e idosos. Vamos ver pessoas com deficiência andando pela rua, arriscando a vida.

Quais os órgãos vinculados à Prefeitura de Juazeiro para resolver tal situação? Falta de acessibilidade é culpa de má fiscalização, pessoas com deficiência sofrem para se deslocar em ruas e outros locais públicos, apesar de normas técnicas para adaptação existirem desde 2004.

Natália Cavalcante/Comunitária

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome