Artigo do leitor: “22 de março, Dia Mundial da Água”

1

No Dia Mundial da Água (22 de março), celebrado nesta segunda-feira, o ouvidor da Agência Reguladora do Município de Petrolina (Armup), Pedro Caldas, chama atenção para o uso racional desse precioso líquido, inclusive evitando desperdícios.

Confiram:

O Dia Mundial da Água foi criado em 22 de março de 1992, pela ONU, e essa data foi pensada para dar visibilidade a assuntos relacionados a esse importante recurso natural e para mostrar que a sua preservação é papel de toda a sociedade.

Vale destacar que, no dia 22 de março de 1992, além da criação do Dia Mundial da Água, a ONU divulgou a Declaração Universal dos Direitos da Água, que tem como um de seus objetivos contribuir para o desenvolvimento da consciência ecológica de todos. Preservar os recursos hídricos é preservar a nossa existência. Para se ter uma ideia, a maior parte das células do nosso corpo possui água, por isso ingerir água é uma necessidade do corpo humano.

Nós, petrolinenses, precisamos desenvolver o sentimento de pertencimento pelas águas do Velho Chico, pois possui valor econômico, social e cultural para o país, onde muitas famílias dependem dele para sobreviver.

O Rio São Francisco conta com uma bacia hidrográfica cuja área soma 639 mil quilômetros quadrados e percorre 505 municípios de sete unidades da Federação, totalizando 2.863 quilômetros em território brasileiro. Hoje, no Dia Mundial da Água, precisamos praticar o consumo consciente de água, e isso não significa deixar de usar o recurso, mas sim repensar as suas formas de uso. Evitar desperdícios, reduzir o consumo sempre que possível, fazer a captação da água da chuva e reaproveitar a água cinza gerada pelo chuveiro e pela máquina de lavar roupas são algumas atitudes que podem ser tomadas para ter um consumo consciente da água.

E se observar na sua comunidade o rompimento da rede de água tratada, comunique imediatamente à Compesa. Em caso de não ser atendido procure a ARMUP pela Ouvidoria da Prefeitura de Petrolina ou pelo 0800 281 2479. Precisamos reduzir ao máximo o desperdício de água em nossa cidade, que é muito alto, e segundo estratégia traçada pela Agência Nacional de Águas (ANA), na publicação Atlas Brasil — abastecimento urbano de água, todos os municípios teriam condições de reduzir as perdas para um patamar de 30% até 2025.

Por fim, nesse Dia Mundial da Água renovamos o nosso compromisso na luta por água tratada para os nossos irmãos das áreas irrigadas, ribeirinhas e sequeira, assim como a regularidade no fornecimento de água na área urbana de Petrolina.

Pedro de Caldas Filho/Ouvidor da ARMUP

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

sete + 1 =