Após 12 anos sem reforma, escola de comunidade rural em Juazeiro é requalificada

por Carlos Britto // 24 de agosto de 2022 às 08:23

Foto: João Pedro Soares/Ascom PMJ/Seduc

A prefeita de Juazeiro (BA), Suzana Ramos, entregou mais uma unidade escolar completamente requalificada. A Escola Municipal Professora Antonila da França Cardoso, localizada na comunidade rural de Angico, no distrito de Juremal, foi a 36ª unidade entregue, em cerimônia realizada ontem (23).

A requalificação, fruto de um investimento de mais de R$ 700 mil, com recursos próprios, teve aprovação da comunidade local, pelo valor simbólico do equipamento público, bem como pelas modificações significativas realizadas nas instalações que há mais de 12 anos não recebiam melhorias.

Além de Suzana Ramos, o evento teve a presença da secretária de Educação e Juventude, Normeide Almeida; da gestora da escola Lourdes Marinone; e de representantes da comunidade escolar.

Com a requalificação, a escola agora conta com salas de aula e outros ambientes climatizados, parque infantil, banheiro infantil, pátio com piso de concreto, novas portas e janelas, rede elétrica e hidrossanitária novas, reservatório de água e fossa séptica em locais adequados, acessibilidade nos pisos e banheiros, mobiliário novo e outras melhorias que garantem o bem-estar e a segurança dos alunos e colaboradores.

Emocionada, Suzana comentou sobre seu sentimento por entregar a escola na comunidade de Angico. “Como sertaneja, passa um filme em nossa cabeça. A sensação é de dever cumprido por entregar uma escola digna para os alunos, climatizada e totalmente reformada. É uma honra e uma felicidade”, destacou Suzana.

Foto: João Pedro Soares/Ascom PMJ/Seduc

 Dignidade e autoestima

A falta de um banheiro específico para o segmento infantil e o forro quebrado do banheiro disponível eram alguns dos problemas encontrados na escola. Mãe de alunas, Ana Maria Rosa Leite falou sobre transtorno e destacou o sentimento de segurança e satisfação de suas filhas após a reforma. “Elas tinham medo de ir e o forro cair, se prendiam para não ir ao banheiro. Hoje elas dizem ‘mãe, tem espelho é outra coisa, o banheiro está totalmente renovado’. Então, para a gente é um sentimento de satisfação“, contou Ana Maria.

Gestora da escola há 17 anos, Lourdes Marinone informou que há mais de 12 a unidade não recebia melhorias. “Estava no chão, instalação elétrica, forro, cobertura, ar-condicionado não tinha. A escola não tinha nada”, frisou a gestora. “Quando a prefeita entrou, em janeiro, na segunda ou terceira semana, Normeide veio aqui e eu me surpreendi pela agilidade e rapidez com que os olhares delas se destinaram a Antonila“, reforçou Lourdes, mencionando também a mudança positiva na autoestima das crianças e da comunidade escolar devido às melhorias realizadas na escola.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.