Apesar do sucesso, Vaquejada de Petrolina também foi motivo de reclamação

por Carlos Britto // 25 de junho de 2009 às 08:32

vaquejada2A Vaquejada de Petrolina, ocorrida no último final de semana (19, 20 e 21) movimentou, mais uma vez, a região. Muita gente foi conferir as atrações festivas do evento e também vibrar com a competição em si. Outro ano de sucesso.

Mas este ano nem tudo foram flores. Várias pessoas reclamaram da organização alegando que faltaram mesas e cadeiras para quem queria ficar nas barracas. Além disso, havia pouquíssimos banheiros químicos para as mulheres, causando desconforto e um certo constrangimento em muitas delas.  

Temos certeza que os organizadores da Vaquejada estarão atentos a esses detalhes para, em 2010, corrigir essas pequenas falhas estruturais e garantir um evento cada vez melhor.

Apesar do sucesso, Vaquejada de Petrolina também foi motivo de reclamação

  1. Belmiro Humberto Filho disse:

    Caro Britto,

    Você colocou com muita propriedade uma assunto q não podemos deixar que se repita. Expor as mulheres ao constragimento q presenciei durante a vaquejada é vergonhoso. Mulheres fazendo xixi no meu do tempo sem nenhuma proteção ou cobertura lateral. E ainda por cima um carro da organização do evento pra cima e pra baixo, que fazia a vistoria no entorno da cerca da propriedade onde se realizava o evento. Os orgãos que fiscalizam esse tipo de festa , bem como o Ministério P úblico, tem que estar atentos para que coisas desse tipo não voltem a acontecer.
    Parabéns pela postagem.

  2. Do vaqueiro ao mototáxi disse:

    O prefeito Júlio Lóssio afirmou categoricamente, hoje no progrma de Neia Gonçalves que o Milton SINMOTOS ássessor pessoal desde o inicio da gestão. E porquê o Milton mentiu o tempo todo que não tinha ninguem do sindicato com cargo?

  3. Do vaqueiro ao mototáxi disse:

    Leia-se SINDMOTOS

  4. Paulo disse:

    Parabéns Carlos britto por essa materia,

    A Vaqueijada de Petrolina esse ano foi um vergonha e do jeito que vai a tendencia é acabar, os organizadores estão de parabéns pela mao organizaçãos da vaquejada que vergonha uma vaquejada tão tradicional de petrolina ter cido desse jeito, não tinha ninguem, os vaqueiros revoltados com os organizadores, o ingresso emsmo na sexta a 3 reais e no sabado a 30 reais isso é um absurdo, infra-estrutura no evento não tinha, como banheiros barracas e muito mais, desculpe-me nélio possidio e o seu filho geraldinho que so andava na pose mais a vaqueijada foi um vergonha mais vergonha mesmo para petrolina..

    Abraço carlos britto e parabéns mais uma vez pelo seu trabalho..

  5. Fernando disse:

    Sinceramente, fiquei com uma boa impressão da Vaquejada deste ano. Como não sou do ramo, só posso falar da impressão que fiquei. Ao contrário do que muitos falam aqui… vi pouquíssimas mulheres “tirando água do joelho” ao léu. Mas essa prática já não é mais só dos homens. Todo evento público vê-se mulher baixando as roupas e fazendo suas necessidade tendo a Lua como testemunha.

  6. Sofia disse:

    Há anos existe problema de estacionamento, já deveriam ter solucionado, é um desrespeito a quem vai prestigiar o evento passar 40 minutos de engarrafamento, e isso só ocorre porque o número de pessoas colocadas para trabalhar no evento é irrisório para a dimensão deste!

    PARA QUE O SUCESSO CONTINUE E NÃO PERCA A TRADIÇÃO SE FAZ NECESSÁRIO, INVESTIR E PROMOVER COMODIDADE PARA OS VISITANTES, AFINAL, SEM ELES A FESTA NÃO OCORRE NEM DAR LUCRO!!

  7. Fernando disse:

    Uma coisa todos aqui têm que concordar. O trânsito flui rapidamente, diferentemente de anos anteriores. Parabéns a Polícia Militar e ao pessoal do trânsito de Petrolina (EPTTC).

  8. Noely Mota disse:

    Pequenas falhas ??? Vc está sendo muito bondoso, ou vc e sua mulher não foram no banheiro da vaquejada? Pq uma mulher ir no banheiro, imundo, no escuro, cheio de gente em volta olhando, e um cheiro insuportável, tem nome pra isso ????????
    Fora o som nas alturas que era impossível conversar e um locutor gritanto, gritando, feito louco !!!! Tudo isso regado a R$ 30,00 de ingresso e mais R$ 20,00 pela mesa que estavam cobrando, fora o estacionamento, quer mais ??? Depois de 23 anos, não é possivel que os organizadores ainda não pensaram em construir banheiros decentes, e a gente ter um tratamento como merecemos. Não vou mais de jeito nehummmmm e nem levo minha familia. E tem mais ,a Prefeitura , vigilância sanitária, tem que ficar atentos a estes eventos, pq eles patrocinam, então são responsáveis tb.

  9. Fernando disse:

    ninguém vai sentir sua falta. Eita povo que reclama. Se tivesse comprado o ingresso antecipadamente, tinha pago apenas 20 reais. A política da meia entrada força isso.

  10. Diogo Amador disse:

    Britto, Parabéns pelo Blog! É, sem dúvida, um excelente canal de comunicação e portal de “voz” dos leitores… Tanto, que o pessoal já passa a confundir o público com o privado: observe nas reclamações… O povo fala como se a organização da vaquejada tivesse sido “eleita”… e recebesse verba federal p/ realização do evento… ou ainda: nomeasse a organização do estacionamento e dos bares por ato secreto!!! Já pensou!?

    Infelizmente não pude ir esse ano à vaquejada. Filho da terra, não moro em Petrolina, mas sempre que posso, compareço à vaquejada do Parque Dr. Geraldo Estrela… que pode até n ser 100%… mas na minha opinião, nunca foi menos que 99%..

    PS – Amigos e familiares (muito mais cri-cris que eu) foram e adoraram.. O povo reclama de tudo!!!

    Talvez seja melhor mudar a vaquejada p/ o River Shopping.. tem ar-condicionado… praça de alimentação.. etc etc

  11. Watergate disse:

    Ja tem uns 4 anos que deixei de andar nessa tal vaquejada,
    NUNCA foi organizada e NUNCA será!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *