Alerta: Casos do novo coronavírus voltam a aumentar em Petrolina e Juazeiro, aponta pesquisa

4
Foto: reprodução/arquivo

Em nova pesquisa realizada pelo colegiado de Economia da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape), sobre o avanço do novo coronavírus (Covid-19) no Vale do São Francisco, mostra que os casos de infecção por covid-19 nos municípios de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA), voltaram a crescer na última semana. Em Petrolina foram registrados 421 novos casos da doença, um aumento de 45% em relação à semana anterior, enquanto Juazeiro registrou um aumento de 131 casos.

De acordo com a análise, as duas cidades já haviam atingido o pico de contágio pelo vírus entre os meses de julho e agosto. Nos meses seguintes, caiu o número de novos casos. Porém com a flexibilização do isolamento social, a quantidade de novos infectados voltou a crescer, é o que explica o coordenador da pesquisa de Análise da Covid-19 no Vale do São Francisco, o professor João Ricardo Lima.

“Se os dados continuarem subindo dessa forma, a doença vai voltar a buscar um novo pico de contaminação, e isso é muito ruim, pois deve levar a retrocessos na flexibilização, como já vem acontecendo em outros países, com a volta da obrigatoriedade do isolamento social e o fechamento do comércio”, concluiu. 

A Facape ressalta que o estudo é um alerta à população do Vale do São Francisco e um auxílio ao poder público para as medidas de prevenção ao novo coronavírus. Mais informações e os Reports Diários postados pelo coordenador da pesquisa, podem ser acessados no site da facape.br.

4 COMENTÁRIOS

  1. Culpa das aglomerações geradas pelos políticos, deveria haver punição para quem provocou estas aglomerações.
    Tem gente que já está reeleito mas mesmo assim não deixa de provocar aglomeração, não é senhor Migué Coelho?

  2. Quando as eleições passarem ninguém vai querer assumir a conta do fechamento imposto. TODOS estão agindo como se o vírus tivesse ido embora, ou pior, como se nada estivesse acontecendo. A irresponsabilidade dos candidatos, com o aval do povo, é absurda. Lembrando que a turma do #fiqueemcasa são aqueles que tem emprego público e geladeira cheia. O auxilio emergencial acaba em dezembro, ai eu quero vê a postura dos políticos que colocaram o povo na rua.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome