9º Aldeia Vale Dançar será encerrado neste sábado com programação até a madrugada

0

jalloo

Uma maratona cultural com espetáculos, intervenções e shows musicais que começa às 13h e vai até uma da madrugada. Esta é a programação de encerramento do 9º Festival de Dança do Vale do São Francisco (Aldeia Vale Dançar), neste sábado (30), no Sesc Petrolina.

E para começar o OverDança, a cantora petrolinense Camila Yasmine vai recepcionar o público no Salão, pontualmente às 13h, com o show “Samba Não Mata Ninguém”. Daí em diante, um leque de atrações estará acontecendo ininterruptamente em vários espaços do Sesc. Intervenções no Salão, festival de coreografias no Palco Alternativo, Mercado Cultural no Hall e performances dançantes nos corredores do restaurante e na escada lateral do Teatro.

Os espetáculos vindos de várias partes do país estarão acontecendo em horários distintos. A dupla Rodrigo Cruz e Rodrigo Cunha, de Goiânia (GO), apresenta às 19h, no Teatro Dona Amélia, ‘Dúplice’ – um diálogo corporal cênico e sonoro. Às 20h, no Ginásio de Esportes o público poderá conferir Eduardo Fukushima e a dança ‘Homem Torto’. Uma hora depois, no Palco Alternativo, Flávia Pinheiro mostra a proposta ‘Diafragma: Dispositivo Versão Beta’.

No Teatro Dona Amélia, a atração das 22h será o grupo Ângelo Madureira e Ana Catarina Vieira, com a dança popular em cena ‘Delírio’. A Cia Corpo Único (Diadema-SP) apresenta às 21h30 na Sala de Dança o espetáculo ‘Ser Híbrido’, inspirado na obra “Orlando”, de Virginia Woolf. E encerrando o OverDança e o Festival que começou no último dia 11, o público vai conferir às 24h no Salão o show com o cantor, interprete, remixador, arranjador e produtor paulista Jaloo, apresentando seu primeiro álbum com música pop, eletrônica e experimental (foto).

Serviço

Os espetáculos no Teatro Dona Amélia custam R$ 2 (comerciário), R$ 5 (meia) e R$ 10 (inteira). Nas demais atividades a entrada é gratuita. (fonte: CLAS Comunicação/foto: Júnior Franch)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

sete − dois =