Wagner insiste em fechar aliança com PMDB na Bahia

por Carlos Britto // 14 de junho de 2009 às 12:15

jaques-wagner1O governador Jaques Wagner (PT) reiterou, na última sexta-feira (12), ao participar do Encontro Estadual do PT que discutiu  as estratégias do partido para  as eleições de 2010, o seu interesse em manter o PMDB na aliança. Mas Wagner deixou claro ao parceiro Geddel Vieira Lima, que ameaça lançar candidatura própria, que a vaga ao governo é dele. “No meu palanque, o nome do candidato a governador está definido (é o meu). Se o ministro for candidato ao governo, será em outra chapa, não na minha”, assinalou Wagner.

O PT, de acordo com o governador, tem feito declarações públicas sobre a importância do seu casamento político com o PMDB. “Mas casamento se faz quando as duas partes desejam. Briga não, basta que um queira para que aconteça”, pontuou Wagner, numa referência aos embates políticos que hoje ameaçam distanciar, em definitivo, os dois aliados.

Mesmo sem abrir espaço para questionamentos sobre a sua condição de único candidato ao governo, na chapa que na Bahia dará sustentação à candidatura da ministra Dilma Rousseff à Presidência da República, Jaques Wagner admitiu, contudo, que há espaço para negociação. “O que temos acertado é a vaga ao Senado para o partido, uma demanda do PMDB com a qual concordamos plenamente”, disse. “Mas no processo de negociação, tudo é possível. Ou impossível”, assinalou.

Wagner insiste em fechar aliança com PMDB na Bahia

  1. Feeling disse:

    Se assim for os DEMO’s vão entrar em desespero!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *