Vereadores de Petrolina votam contra emenda do vereador Gilmar Santos, que declara: “lamentável”

por Denise Saturnino // 16 de junho de 2021 às 11:30

Na sessão plenária dessa terça-feira (15) na Câmara de Vereadores de Petrolina, um Projeto de Lei do Poder Executivo foi aprovado com ressalvas pelos parlamentares. Trata-se do PL nº 016/2021, que dispõe sobre a reestruturação do Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação do município. O projeto foi para votação com uma proposta de emenda sugerida pelo vereador Gilmar Santos (PT), o que acabou gerando uma reação negativa de boa parte dos colegas.

Os vereadores Ronaldo Silva (DEM) e Osinaldo Souza (MDB) não concordaram com a intervenção do petista no projeto e disseram que “não mudaria nada na prática”. Wenderson Batista (DEM) e Manoel de Acosap (DEM) seguiram o mesmo caminho e criticaram o fato da emenda ter sido aprovada pela Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude. Diante disso, a proposta do Professor Gilmar foi rejeitada e o projeto seguiu para sanção do prefeito Miguel Coelho (MDB) com a redação original.

Em sua defesa, Gilmar declarou que a emenda procurava valorizar a democracia entre os professores e professoras da rede municipal, que teriam o direito de eleger o seu representante para o Conselho do Fundeb. “Essa eleição poderia ser organizada pelo sindicato ou qualquer outra entidade representativa da classe. Infelizmente, o vereador Ronaldo Silva e o vereador Osinaldo Souza (MDB) estimularam os demais pares a votarem contra a emenda, o que consideramos lamentável“, declarou.

Vereadores de Petrolina votam contra emenda do vereador Gilmar Santos, que declara: “lamentável”

  1. Ade disse:

    Pé de Galo virou artista? kkkkkkkkkkkkk

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *