Venda de produtos típicos do São João movimenta Mercado do Produtor

0
Venda de milho no Mercado do Produtor (Foto: Divulgação)

Às vésperas do São João, o Mercado do Produtor de Juazeiro (BA) já começa a ficar mais movimentado, com pessoas adquirindo produtos típicos da festa – a exemplo de milho verde e amendoim. Essas mercadorias podem ser encontradas a preço ‘camaradas’ no entreposto e em outros mercados e feiras da cidade que comercializam comidas e ingredientes tradicionais nesta época do ano.

O vendedor Luiz Silva, que vende milho em frente ao entreposto, destacou que os preços não tiveram aumento após a greve dos caminhoneiros. “Vendo milho aqui em frente ao Ceasa há mais de 5 anos e todos os anos nessa época conseguimos ter boas vendas. O milho vem da região do Salitre e é de ótima qualidade. Estamos preparados até o sábado para atender o consumidor”, disse o comerciante.

Outro destaque de vendas neste período é o coco seco, que está custando R$ 2,17 o quilo. Também usado nas receitas juninas, o produto tem boa saída. A expectativa dos permissionários é que até sábado (23) as vendas tenham um crescimento, em relação ao ano passado. A maioria deles pretende fechar o período junino com bom lucro.

A dona de casa Luzia Brito já garantiu o amendoim do São João e demais produtos típicos. “Comprei um quilo de amendoim, porque é o suficiente lá em casa e o preço está ótimo aqui no Ceasa. A unidade do milho também está boa. Por 35 a 40 centavos a gente encontra. Vale muito a pena, e é um produto de boa qualidade. Fazer as compras aqui foi bom porque levamos um produto com mais qualidade do que nos supermercados”, destacou a dona de casa, que aprovou os preços.

Venda de produtos típicos no Mercado do Produtor (Foto: Divulgação)

Estatísticas

Segundo dados do setor de Estatísticas do Mercado do Produtor, em 2017 foram comercializados quase R$ 540 mil de milho; já o amendoim teve uma venda de R$ 900 mil ao ano. A expectativa da Autarquia Municipal de Abastecimento (AMA) é que o entreposto venda nesse período mais de 70% desses produtos típicos. Os alimentos mais consumidos nesta época também são encontrados nos mercados centrais e feiras livres de Juazeiro. De acordo com a AMA, todos os mercados estão preparados e abastecidos para receber grande público neste período.

O Mercado do Produtor de Juazeiro comercializa anualmente cerca de R$ 800 milhões e é considerado o 1º entreposto da agricultura irrigada/familiar do Norte-Nordeste e o 4º maior em volume de vendas do Brasil. O entreposto funciona de segunda a sexta, das 2h às 22h; no sábado, das 2h às 17h. O mercado Joca de Souza funciona de segunda a sábado, das 6h às 18h; já o Arnaldo Vieira fica aberto dias de sexta e sábado, das 6h às 18h, e as feiras livres dos bairros geralmente funcionam aos domingos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome