Vazão liberada de Sobradinho deve chegar a 4 mil m³/s até final de janeiro, diz Chesf

por Carlos Britto // 11 de janeiro de 2022 às 18:30

Foto: Jerônimo de Souza/divulgação arquivo

As chuvas intensas ocorridas nos últimos dias em Minas Gerais deverão alterar drasticamente o cenário hídrico da região sanfranciscana. Por meio de uma carta circular, a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf) informou que a defluência (água liberada) da Barragem de Sobradinho terá um aumento gradual significativo pelos próximos 12 dias.

A decisão foi deliberada com o Operador Nacional do Sistema (ONS). Assim como em Sobradinho, a vazão no Reservatório de Xingó (AL/SE) também será aumentada.

De acordo com a Chesf, Sobradinho passa a operar a partir desta quarta-feira (12) com uma vazão de 1.300 metros cúbicos por segundo (m³s). Até o próximo dia 24/01, esse número deverá ser de 4 mil m³/s. Por este motivo, a Chesf pede às populações ribeirinhas para não ocuparem a calha do rio.

Inundação

Desde 2009 a vazão liberada do Reservatório de Sobradinho não atingia esse patamar. Com a confirmação desses números, locais como o Bairro Angari (foto) e o Parque Fluvial de Juazeiro ficarão inundados. Já do lado de Petrolina, o volume do rio também deverá se aproximar bastante da orla, onde fica o complexo turístico Porta do Rio.

Vazão liberada de Sobradinho deve chegar a 4 mil m³/s até final de janeiro, diz Chesf

  1. Nego D'água disse:

    Nunca entendi o fato de construirem o Parque Fluvial praticamente dentro do rio. Um dia o Velho Chico ia reivindicar o que sempre foi dele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *