Vara da Fazenda Pública decide pelo fechamento do Matadouro de Petrolina e marchantes vão à segunda instância

3

matadouro petrolina

Os marchantes de Petrolina receberam um balde de água de água fria da Vara da Fazenda Pública, que decidiu pelo fechamento do matadouro público. O local, que tinha prazo para funcionar até amanhã (2), já foi inclusive interditado no final da manhã desta segunda-feira (1) por ordem do prefeito Julio Lossio.

Os marchantes entraram com uma medida cautelar junto à Vara da Fazenda Pública, contra o fechamento, mas o juiz Josilton Reis indeferiu o pedido.

Agora, a categoria vai recorrer à segunda instância – o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), no Recife. A advogada dos marchantes já viajou para a capital, onde entrará com pedido junto ao Judiciário do estado, para revogar a decisão local.

3 COMENTÁRIOS

  1. A venda dessa área, rodeada por condomínios de alto padrão, e a da área do estádio, também em uma região muito valorizada, só servirá para coroar essa administração municipal, marcada pela especulação imobiliária.

    • Todos esses legados foram de políticos que pensavam nas pessoas em primeiro Lugar. OS MESMOS CUIDAVAM DOS ESPAÇOS DE LAZER E ESPORTE E DA SAÚDE HUMANA – carne especionada é uma questão de Saúde pública

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

um × 5 =