Vandalismo em cemitério de Serra Talhada volta a causar indignação

por Carlos Britto // 30 de agosto de 2021 às 13:00

Foto: Reprodução

O Cemitério Público de Serra Talhada (PE), no Sertão do Pajeú, voltou a ser assunto após atos de vandalismo serem registrados mais uma vez neste ano. Em abril, moradores gravaram vídeos de caixões empilhados, muito mato, lixo, covas vazias, abertas e violadas.

Desta vez, bandidos invadiram o Campo Santo e destruíram parte do jazigo da família Ramos e Carvalho. Os dois portões foram arrancados, e alguns utensílios quebrados. A dona de casa Maria José Ramos de Carvalho, em entrevista ao site Farol de Notícias,fez um desabafo e cobrou respostas da prefeitura municipal.

“Fora a capela dos meus pais, outras já foram arrombadas aqui. O cemitério teria que ter uma guarita com um segurança para proteger os nossos entes queridos. Mas há lei do retorno, a família dos mortos ainda votam”, desabafou. A prefeitura ainda não se manifestou sobre o assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *