Vacas leiteiras devem impulsionar economia de Serrita até 2024

por Carlos Britto // 03 de agosto de 2021 às 13:00

Foto: reprodução/Internet

Um dos municípios mais importantes do Sertão Central, Serrita (PE) deverá incrementar sua economia com produzindo 1.500 vacas leiteiras até o ano de 2024. Por meio da Secretaria de Agricultura, a prefeitura adquiriu pela primeira vez botijões de nitrogênio e sêmen bovino manipulado de forma artificial.

De acordo com a pasta, o governo municipal espera injetar R$ 1,2 milhão na economia por mês com a produção de leite e comercialização dos animais. “Somente cada bezerro já nasce valendo aproximadamente R$ 2.500,00 por ser de genética comprovadamente leiteira e sua paternidade é registrada, campeão das principais exposições e torneios em todo o Brasil”, explicou a administração pelas redes sociais. “O governo de Serrita está confiante numa melhoria significativa da economia do município com essa ação”, completou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *