Univasf promoverá este mês 3º Encontro Nacional sobre Animais Abandonados em Campi Universitários

0
Cães soltos no campus da Univasf. (Foto: Arquivo/Divulgação)

O abandono de animais nas imediações de universidades, a exemplo de cães e gatos, é um hábito cada vez mais comum no Brasil, fazendo desses bichos parte do cenário de Instituições de Ensino Superior (IESs). Com o objetivo de promover a união entre a saúde animal, humana e ambiental por meio da conscientização e educação da comunidade, a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) promoverá o 3º Encontro Nacional sobre Animais Abandonados em Campi Universitários (ENAAU).

O evento é organizado pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias no Seminário (PPGCVS) da Univasf, em Petrolina, e acontecerá online, entre os dias 16 e 18 de novembro. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até 15 de novembro.

Os interessados em participar devem realizar a inscrição pelo site do evento. A abertura será no dia 16, a partir das 15h45. Em seguida terá início a programação do evento, que contará com 15 palestras sobre temas como “Dinâmica de populações de cães e gatos em campis universitários”, ministrado pelo professor de Epidemiologia Veterinária da Universidade de São Paulo (USP) Ricardo Dias; “Destinação ética e legal para animais de laboratório (biotério)”, com a médica veterinária e tecnologista da Fundação Oswaldo Cruz, Carla Campos; e “Papel da administração institucional em relação aos animais abandonados”, com o professor da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) Aristeu da Silva. As transmissões irão acontecer no canal do ENAAU do YouTube.

CNPq

O encontro tem o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A primeira edição do evento aconteceu em 2014, enquanto o segundo foi realizado em 2016, presencialmente. Este ano, de acordo com o professor do PPGCVS e coordenador do evento, Alexandre Redson da Silva, a importância do ENAAU está em reunir profissionais multidisciplinares para abordar temas diversos sobre a propagação de doenças, promovendo a saúde e enfatizando a conexão entre humanos, animais, plantas e seu ambiente compartilhado. Os interessados em participar podem acompanhar as novidades sobre o evento por meio do Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome