Trindade: Câmara de Vereadores aprova requerimento solicitando medidas mais rígidas de isolamento social

1
Foto: PA/reprodução

Em Trindade (PE), Sertão do Araripe, a Câmara de Vereadores aprovou a adoção de medidas mais rígidas de combate ao novo coronavírus (Covid-19). O requerimento 022/20, de autoria do vereador Kilon Alencar, foi apresentado em sessão virtual nesta terça-feira (12). Ele quer que a prefeitura endureça as regras de isolamento social devido ao grande número de casos confirmados e óbitos já registrados no município.

Kilon já fez esclarecimentos em emissoras de rádios locais e nas redes sociais sobre como seriam essas medidas. Segundo o vereador, não se trata de um  lockdown, e sim medidas necessárias para o enfrentamento da pandemia. O Executivo Municipal se comprometeu em controlar os acessos à cidade, veículos e pessoas.

O requerimento apresentado e aprovado por unanimidade contém as seguintes medidas: barreira sanitária, deixando apenas uma entrada funcionando no município, enquanto as demais ficariam interditadas; proibição total de circulação de caminhões na cidade sem a devida justificativa.

Guarda Municipal

A prefeitura deve deixar a Guarda Municipal disponível e contratar uma equipe responsável por detectar possíveis descumprimentos das regras estabelecidas, além de solicitar do Batalhão Regional reforço policial para ajudar no monitoramento e ampliar o número máximo de teste rápidos em familiares de pessoas já infectadas, para que seja cumprido o isolamento obrigatório pelo período de 15 dias. A administração deve ainda baixar um decreto emergencial proibindo a entrada de mais de cinco pessoas em qualquer estabelecimento comercial da cidade e fazer distribuição em massa de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), tornando-os obrigatórios.

A proposta pede ainda que seja proibida a circulação de pessoas menores de 18 e maiores de 65 anos e a disponibilização de um disque-denúncia, com contato direto com a polícia para informar sobre possíveis encontros ou festinhas, mesmo em ambientes particulares. Com informações do Portal do Araripe.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome