Tragédia em cidade de Minas chega a 10 mortos; parte das vítimas é identificada

por Carlos Britto // 10 de janeiro de 2022 às 06:43

Foto: Bombeiros/reprodução

O Corpo de Bombeiros confirmou, neste domingo (9), 10 mortes causadas pelo desabamento de pedras em Capitólio (MG), e passou a confirmar suas identidades. As vítimas estavam na mesma lancha que tinha o nome de “Jesus”, segundo o delegado regional da Polícia Civil, Marcos Pimenta.

Eles estavam hospedados em um rancho em São José da Barra (MG) e eram familiares e amigos uns dos outros. O dono da pousada era proprietário da lancha e também parente das vítimas. O piloto era funcionário dele, de acordo com informações da polícia.

O delegado informou que já há informações sobre as outras pessoas que morreram, mas a polícia aguarda a resposta dos laudos e dos testes de DNA para ter a comprovação oficial da identificação. O porta-voz do Corpo de Bombeiros de MG disse que não tem previsão para o fim das buscas.

Vítimas

Veja abaixo quem são as vítimas da tragédia em Capitólio:

– Julio Borges Antunes, 68 anos, natural de Alpinópolis (MG). Será enterrado em São José da Barra;

– Maycon Douglas de Osti, 24 anos, nascido em Campinas. Será enterrado em Sumaré;

– Camila da Silva Machado, 18 anos, nascida em Paulínia. Será enterrada em Sumaré;

– Sebastião Teixeira da Silva, 67 anos, natural de Anhumas. Será enterrado em Serrania;

– Marlene Augusta Teixeira da Silva, 57 anos, natural de Itaú de Minas. Será enterrada em Serrania;

Marlene e Sebastião eram casados. Eles eram os tios que a costureira Alessandra Barbosa estava procurando no dia do acidente. Maycon era namorado de Camila.

Falta identificar

Vítimas que ainda aguardam identificação oficial:

– Homem de 40 anos, natural de Betim (MG), piloto da lancha;

– Mulher de 43 anos, natural de Cajamar (SP);

– Homem de 35 anos, natural de Passos (MG);

– Jovem de 14 anos, natural de Alfenas (MG);

– Homem de 37 anos, natural de Itaú de Minas (MG).

Júlio Borges Antunes, de 68 anos, era de Alpinópolis (MG). O corpo já foi liberado para a família e deve ser enterrado ainda neste domingo (9) em São José da Barra (MG).  Na tarde de domingo, as autoridades informaram que uma segunda pessoa foi identificada, mas o nome não foi divulgado. (Fonte: G1-Sul de Minas)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *