Trabalhadores rurais ligados ao MST voltam a ocupar sede do Incra em Petrolina

0

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) voltaram a ocupar, na manhã de hoje (20), a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em Petrolina. E o motivo é o mesmo de antes: eles continuam reivindicando a garantia de assentamento às famílias que moram no Projeto Pontal Sul, na zona rural do município. Por conta disso, o atendimento ao público está suspenso no local.

Como este Blog mostrou em outubro passado, membros do MST ocuparam a sede do órgão e só deixaram o local com o encaminhamento da pauta de reivindicações. Integravam o documento, entre outras coisas, o orçamento para 2017/2018, em reivindicação nacional; novas áreas para aquisição de novos assentamentos; cadastro de novas famílias; infraestrutura; Créditos Apoio Mulher, Semiárido, além de Apoio Inicial; e Pronera, kits-feiras e feiras da Reforma agrária.

Por meio de nota, o Incra disse que “o movimento social aguarda o retorno do superintendente Bruno Medrado, em viagem a serviço fora do município, para apresentar a pauta de reivindicações. A previsão é que aconteça uma reunião no final da tarde de hoje para decidir sobre a desocupação do prédio”, diz. (foto/divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

3 × cinco =