Trabalhadores da Chesf entram em greve nesta segunda

por Carlos Britto // 16 de julho de 2012 às 07:40

Depois da greve dos professores e técnicos administrativos das universidades federais e dos servidores do Incra, agora os eletricitários vinculados às empresas do Sistema Eletrobras, que inclui a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), também decidiram cruzar os braços a partir desta segunda (16). Segundo o Sindicato dos Eletricitários da Bahia (Sinergia), o governo oferece um reajuste salarial de 5,1%, enquanto os trabalhadores reivindicam 10,73%.

Na última reunião com a direção da Eletrobras, em Brasília, não houve novidade em relação às propostas sobre reajuste, melhorias no Plano de Cargos e Remuneração, plano de saúde extensivo aos aposentados e renovação das concessões do setor elétrico.

A Federação Nacional dos Urbanitários, entidade que representa a categoria nacionalmente, garante que o abastecimento de energia elétrica para os consumidores estará garantido durante a greve, através do trabalho de equipes destacadas para a operação mínima do sistema.

As demais equipes vão cruzar os braços, como já ocorreu durante a paralisação de alerta realizada nos dias 4 e 6 de julho. Além da sede em Salvador e Camaçari, os funcionários da Chesf da usina de Paulo Afonso, Sobradinho e Funil irão paralisar as atividades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *