Timbaúba: Operação da PCPE afasta presidente da Câmara por suspeita de peculato

por Carlos Britto // 15 de setembro de 2022 às 10:56

Foto: reprodução

Na manhã desta quinta-feira (15), a Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) deflagrou a Operação “Hora Extra”, através da 2ª Delegacia de Combate à corrupção (2ª DECCOR), que integra o Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO). O objetivo foi de cumprir mandados expedidos pela 2ª Vara Criminal de Timbaúba (Mata Norte). Na ocasião o vereador Josinaldo Barbosa, presidente da Câmara Municipal, foi afastado do cargo por determinação judicial, juntamente com outros três servidores.

Além de Timbaúba, estão sendo cumpridos também nove mandados de busca e apreensão domiciliar nos municípios de Goiana, Carpina, Camutanga e Recife.

A investigação foi iniciada em agosto do ano passado, após solicitação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), oriunda de auditoria do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE), e foca na identificação e desarticulação de organização criminosa voltada à prática de peculato. Além do afastamento de função pública, ainda foram determinados mandados de sequestro de bens e valores.

Suspeitas

Segundo apurou a reportagem do Voz de Pernambuco, a acusação de peculato se deu devido a suspeitas de que servidores recebiam verbas indenizatórias e repassava para o presidente do poder legislativo timbaubense. Ao todo, 60 policiais civis estão participando da ação policial. (Fonte: Voz de Pernambuco)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.