Suspeito de agressão e cárcere privado contra ex-companheira é preso em Salgueiro

1

lesao 1_640x480lesao 2_640x403Policiais civis em Salgueiro (PE), no Sertão Central, prenderam na tarde de ontem (24) um homem de 40 anos, suspeito de cárcere privado, lesão corporal e estupro contra sua ex-companheira. Reginaldo Alves Gondim, conhecido como ‘Tatá’, foi preso nas imediações da BR-116, em cumprimento a um mandado de prisão.

De acordo com as investigações da polícia, há cerca de uma semana sua ex-companheira procurou a delegacia e apresentou queixa contra o suspeito. Na ocasião a vítima revelou aos policiais que ficou mais de quinze horas amarrada, sendo agredida por Tatá, que chegou a cortar o cabelo dela a faca.

Num momento de distração do suspeito, a mulher conseguiu fugir e pulou o muro da casa, pedindo ajuda a vizinhos, que acionaram a polícia. De imediato a delegada Fabiana Camargo reuniu fotografias com as lesões e o depoimento da vítima, e solicitou mandado de prisão preventiva do agressor – que de imediato foi expedido pela Justiça.

Ele foi localizado nas imediações do belvedere, às margens da BR-116 que dá acesso ao Estado do Ceará. Após ser detido, ele foi apresentado à delegacia para prestar esclarecimentos, sendo recolhido em seguida ao presídio de Salgueiro, onde permanecerá à disposição da Justiça. (Fonte/fotos: DII 2)

1 COMENTÁRIO

  1. É um covarde um cabra safado desses, merecia levar porrada dos presos para sentir na pele o que essa mulher passou. Como sabemos as leis do nosso pais é frouxa demais e logo esse maniaco será liberado, se essa mulher não for embora, como fez a professora da Univasf, com certeza ele fará pior. Vale salientar, kd os direitos humanos? kd as mulheres que se levantaram a favor da professora? Agora como é uma pessoa não conhecida, ninguém se manifesta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome