Suplentes de vereador apreensivos com aprovação de PEC no Senado

por Carlos Britto // 21 de junho de 2009 às 11:03

Com a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) dos vereadores pelo Senado, há duas semanas, as expectativas de quem perdeu ou não renovou mandato em 2008 – alguns, inclusive, numa eleição dada como certa – só aumentam.

Em Petrolina estão na lista de espera por uma vaga na Casa Plínio Amorim os suplentes Chico Freire, Dr. Moisés Severiano, Paulo Cavalcante, Adalberto Bruno, Manoel da Acosap e Paraíba.

Suplentes de vereador apreensivos com aprovação de PEC no Senado

  1. Zer Neguim disse:

    Oh meus Deus, eu nao sei pra que tanto suga sangue, ja basta os que estao ai, viajando para participar de seminarios e gastando o dinheiro publico, imposto que o povao paga.

  2. ATENTO disse:

    O consolo dessa aprovação da PEC no Senado é que não vai valer para esta legislatura, segundo o presidente da Câmara, Michel Temer, e do TSE, ministro Carlos Aires Brito. Petrolina hoje tem 14 vereadores, com a aprovação da PEC, passará para 21. Você, Carlos B ritto, listou 6, quem é o sétimo?

  3. Ze neguim disse:

    Sabe-se que Abraao e o pai do povo judeu, e um certo dia disse Deus a Abraao “Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem”, e hoje nos sofremos nas maos desses politicos corruptos que nada fazem para engrandecer o nosso pais, pois so pensam neles mesmos. Eu acredito que isso seja em razao de um dia termos expulsado o povo judeu de Recife-PE, onde os mesmos construiram a primeira sinagoga das americas, inclusive alguns foram mortos; fugindo para a grandiosa Nova Yorque, nos Estados Unidos.

  4. Adalberto bruno da SWilva Filho disse:

    Com o retorno dos suplentes as comunidades teram mais representatividade, e vai acabar com as farras nas câmaras ex: em petrolina a diaria de um vereador foi para R$700,00, e com certeza vai diminuir o repasse das prefeituras sem contar que vai reparar um erro cometido no passado…
    diminuiram os vereadores e aumentaram o repasse, é melhor que o nobre Dep. Inocêncio de Oliveira reflita e mude de opinião, pois até os vereadores ja estão aceitando de mais a mais, não vai aumetar a despesa com as câmaras e sim a representação do povo.
    Sabe quanto a nação vai ecônomisar por ano com o retorno ? mais de R$ 12.0000,00 milhões .

  5. SÉRGIO ELEOTÉRIO disse:

    ei faltou o veterano Miguel Amorim.

  6. Gildo Santana - Petrolina-PE disse:

    O problema não é o número de vereadores e sim, o valor que é repassado para as câmaras. O TSE diminuiu o número de vereadores mais o valor repassado para as câmaras continuou a mesma coisa. Não adiantou nada.

  7. Pe. Antonio disse:

    Vejam o que pensa o Senhor José Celso de Macedo sobre o assunto:

    […] Os vereadores, hoje, recebem polpudos salários e a Câmara tem mais de 120 funcionários. Cada vereador tem direito de nomear um sem numero de assessores. Para quê? O trabalho não aumentou. Quem paga tudo isto? O contribuinte. O exemplo é comum às Câmaras de Vereadores, país afora. Pergunto: Este cidadão que assim começa sua carreira pública como vereador, como vai se comportar quando atingir a esfera federal? Daí os exemplos de desperdício de dinheiro público que estamos vendo no Congresso Nacional. […]
    Nossos atuais vereadores, em sua maioria, são despreparados para as funções que exercem. Principalmente nas cidades do interior, são eleitos mais por força de grupos para defenderem seus interesses na administração municipal. E, para empregarem seus amigos nas repartições municipais, em troca de apoio ao prefeito. Não causa espanto, por conseguinte, os vários escândalos que têm surgido nas nossas cidades envolvendo vereadores e prefeitos. É a corrupção descendo ao nível municipal, quando no Império estava restrita aos “barões.”

    *José Celso de Macedo Soares é almirante, empresário, escritor e membro do Conselho Técnico da CNC, e-mail<JCMACEDOSOARES@ATTGLOBAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *