Sem retaliação

5

vilaçaO subcomandante geral da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), coronel Lídio Vilaça, assegurou que a troca de comando no 5º BPM em Petrolina não passou de “uma rotina administrativa”. E rechaçou ter havido retaliação às críticas do tenente-coronel Isaac Guerra quanto à condução da segurança pública no estado. “Não existiu qualquer retaliação. O coronel cumpriu o trabalho dele, mas os números não foram o que esperávamos e por isso o comando vai ser trocado. Não tem nada de retaliação”, disse Vilaça.

O subcomandante também respondeu sobre a falta de viaturas, efetivo reduzido e outros problemas estruturais no 5o BPM. “Sabemos dos problemas e buscamos as soluções. O governador está fazendo um esforço grande e vamos vencer os desafios. Não estamos desatentos, estamos enxergando os problemas e vamos enfrentá-los”, afirmou.

5 COMENTÁRIOS

  1. Ele sabe que se não elogiar o governador, seguirá o mesmo caminho do Guerra, ou seja, será exonerado. Esse senhor já deve estar vislumbrando ser Comandante Geral. Em síntese, ninguém defende militar, nem mesmo aqueles que deveriam bem representá-lo (o próprio Comando). A tropa, tanto a federal (forças armadas) coma as polícias estão entregues ao abandono, à própria sorte.

  2. A ordem é elogiar o pessimo desgoverno de Câmara, Guerra pagou por cometer o crime de falar a verdade. Só aqui esperando esse poste vir falar de viuvez de Campos daqui a dois anos…

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome