Sobe para 18 número de casos confirmados do novo coronavírus em PE

1
Foto: Anamaria Nascimento/DP

Disparou de oito para 18 o número de casos confirmados do novo coronavírus em Pernambuco, um aumento de 125% em 24 horas. Além do Recife, há pessoas infectadas em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana, e em Belo Jardim, no Agreste. Dos casos confirmados, 15 foram registrados no Recife, dois em Jaboatão e um em Belo Jardim.

A lista inclui, pela primeira vez, uma criança. O menino de 10 anos vive em Jaboatão e tem histórico de viagem pelos Estados Unidos. O primeiro caso no interior é de um homem de 57 de Belo Jardim, que viajou à Itália.

As informações foram repassadas na noite desta segunda-feira (16), em coletiva de imprensa no Palácio do Campo das Princesas, área central da capital pernambucana. Diante desse cenário, estão suspensas aulas em todas as escolas estaduais e interrompidas as atividades do Complexo Santos Dumont e do Conservatório Pernambucano de Música.

O governo de Pernambuco também está em tratativas com o governo federal para resolver a questão do navio Silver Shadow, parado no Porto do Recife desde a última quinta-feira (12). Vale lembrar que é de lá que veio um dos casos confirmados de Covid-19 no estado – um turista irlandês. “Acredito que amanhã (terça, 17) teremos resolução para essa questão”, afirma o governador Paulo Câmara.

Dos dez novos casos contabilizados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), três se configuram como transmissão local – aquela em que a contaminação acontece dentro do estado, mas a origem da infecção é conhecida. A SES ainda não confirma, no entanto, a transmissão comunitária do vírus, que acontece quando o patógeno fica fora de controle e não se sabe de onde o paciente pegou. O caso confirmado em Belo Jardim não teve o sexo nem idade confirmados, mas a pasta informa que se trata de uma pessoa que viajou para o exterior. (Fonte Diário de Pernambuco)

1 COMENTÁRIO

  1. Enquanto isso os orgãos públicos de alta movimentação de pessoas continuam funcionando, basta que um funcionário pegue o vírus para repassar pra toda a cidade, será que o governador vai fazer algo ou vai esperar as coisas ficarem graves demais?

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome