Sob protestos, Dilma entrega residencial do ‘Minha Casa, Minha Vida’ em Juazeiro

5

dilma solenidadeA cerimônia de entrega das 1.480 unidades habitacionais do Residencial Juazeiro I, do ‘Minha Casa, Minha Vida’, em Juazeiro (BA), foi marcada por manifestações contra a presidenta Dilma Rousseff (PT), que fez a entrega simbólica das chaves no final da manhã desta sexta-feira (14).

Logo na entrada do evento, foi montada uma barreira para impedir a entrada dos manifestantes, que se aglomeraram, juntamente com centenas de contemplados no Residencial, e não puderam seguir, pois centenas de policiais que faziam a segurança do evento informaram que a organização teria proibido “badernas” no local da cerimônia, tendo em vista que o evento estava sendo transmitido ao vivo para todo o País pela NBR (TV do Governo Federal).

protesto juazeiro IOs protestos foram realizados por docentes e discentes da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) – que reivindicavam melhores condições de trabalho, dos grevistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão de Pernambuco (IF Sertão-PE), Movimentos sociais em Defesa do Rio São Francisco e inúmeros antipetistas.

Durante um princípio de tumulto, policiais lançaram spray de pimenta contra a multidão, mas aparentemente não atingiu ninguém.

Barrados

Além dos manifestantes e dos contemplados, o vice-prefeito de Juazeiro, Irmão Francisco Oliveira (PT), secretários municipais, vereadores de Juazeiro e de Petrolina, além de outras lideranças políticas e da imprensa local, também foram impedidos de ultrapassar os portões.

Após muita insistência, o vice-prefeito conseguiu entrar. Os secretários, vereadores e cerca de oito repórteres também foram autorizados a seguir para o local do evento onde se encontrava a presidenta.

Discurso de Dilma

Em seu discurso, Dilma disse que voltou a Juazeiro com muita alegria e alertou os contemplados para que cuidem das casas. “Voltei a Juazeiro com uma alegria imensa no coração. É nessas casas que vocês vão poder criar seus filhos, receber os amigos para uma cervejinha. Morar de favor ou de aluguel é muito difícil. Valorizem, porque é patrimônio de vocês”, disse Dilma. Após o evento, ela se dirigiu a Salvador.

Foram investidos no local mais de R$ 88 milhões. Cada imóvel do Residencial Juazeiro I tem dois quartos, um banheiro, uma sala, uma cozinha e uma área de serviço. Segundo a Caixa Econômica Federal, as unidades estão avaliadas em R$ 60 mil, sendo que 45 delas foram adaptadas para pessoas com deficiência.

Além da presidenta, participaram do evento os ministros das Cidades, Gilberto Kassab (PSD), e da Defesa, Jaques Wagner (PT); a presidenta da Caixa Econômica Federal, Miriam Belchior; o governador da Bahia, Rui Costa (PT); o prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho (PCdoB); além de deputados e outras autoridades.

manifestação

5 COMENTÁRIOS

  1. Prezados, boa tarde.

    Convido os leitores deste blog a lerem o documento que resume boa parte da pauta de reivindicações dos professores da UNIVASF. Nossa luta vai além da questão remuneratória. Para maiores detalhes, peço que acessem o arquivo a seguir.

    Ofício da Seção Sindical dos Docentes da UNIVASF, elaborada pelo comando de Greve Docente, que foi entregue à assessoria da Presidente Dilma Rousseff (link para o arquivo): https://www.dropbox.com/s/hwwtrba42hhsz62/carta_Dilma_em_Jua_SINDUNIVASF.pdf?dl=0

  2. Aproveitamos a oportunidade para repudir a falsa notícia que vem circulando em alguns blogs onde, erroneamente, é dito que servidores em greve (da UNIVASF, INSS e IF Sertão Pernambucano) teriam empunhado faixas e cartazes pedindo o impeachment da Presidente Dilma Rousseff. As reivindicações globais dos servidores públicos federais são aquelas de trabalhadores que buscam melhores condições de trabalho e carreira e, em nada, se confundem com qualquer manifestação de cunho golpista ou pró-impeachment. Em tempo, reiteramos o respeito ao Estado Democrático de Direito e o repúdio a toda e qualquer forma de manifestação não democrática.

    Comando de Greve Docente da UNIVASF

  3. Pelo direito de livre expressão ! A mídia tem o dever de divulgar informações de fontes seguras. O povo precisa ter acesso a informações verídicas! A voz dos grevistas precisa ser ouvida pelos leitores do blog! Repúdio à desinformação!

  4. Golpe foram as mentiras eleitorais, professor, dessa comunista e sua quadrilha, golpe foi o petrolão, mensalão, corte dos investimento até na educação que você labora, sua formação não é suficiente para você enxergar o óbvio??

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome