Sindsemp solicita da prefeitura regularização em horário do transporte coletivo em Petrolina para atender servidores da saúde

por Carlos Britto // 29 de março de 2020 às 15:11

Foto: Ascom Sindsemp/divulgação

O presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp), Walber Lins, solicitou nesta semana da secretária Magnilde Albuquerque (Saúde) e do prefeito Miguel Coelho a regularização no horário das linhas de ônibus da cidade, que tiveram a circulação reduzida com forma de prevenção à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

A entidade alega ter recebido muitas reclamações da categoria, depois que as empresas de ônibus que fazem as linhas em Petrolina, e a do trecho Petrolina/Juazeiro, reduziram o número de veículos e mudaram os horários em algumas rotas. Segundo Walber, a estratégia adotada pelo setor estaria inviabilizando a ida dos profissionais que estão na linha de frente da batalha contra o Covid-19.

Segundo o presidente do Sindsemp, “tanto a secretária Magnilde quanto o prefeito Miguel ouviram o nosso pleito e se comprometeram a reavaliar a situação do transporte coletivo. Os profissionais de saúde são os guerreiros e guerreiras à frente dessa batalha. Eles  enfrentam um enorme risco todos os dias, e depois de tudo isso, ainda caminham de três a quatro quilômetros pra pegar um ônibus de volta pra casa. E a empresa de ônibus tem que pensar no serviço prestado pelo servidor à população, e não tão somente no faturamento, nesse momento grave. Chega a ser um é absurdo”, declarou.

Sindsemp solicita da prefeitura regularização em horário do transporte coletivo em Petrolina para atender servidores da saúde

  1. de olho disse:

    Acho o apelo justo. E não é nada de outro mundo. É apenas concentrar mais a circulação nos horarios de 05:30h as 8h, 12 as 14h e entre 18h as 21h

  2. Lusivania disse:

    Essa mudança nos horários de ônibus, principalmente Juazeiro/Petrolina tem prejudicado muito nós profissionais de saúde,a maioria vive na correria entre as duas cidades . Faço um apelo as autoridades competentes que revejam os horários e rotas.

  3. Lusivania disse:

    Faço um apelo as autoridades competentes que revejam os horários e rotas, existem muitos serviço q não podem parar e necessitam de ônibus, como por exemplo nós profissionais de saúde que na maioria das vezes vive na correria entre as duas cidades, Juazeiro/Petrolina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *