Sindsemp afirma que categoria só acaba greve com cumprimento integral da pauta e critica “falta de organização administrativa” do Governo Lóssio

7

servidores petrolinaUm dos principais motivos que levaram o Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp) a deflagrar uma greve geral não estava na contraproposta da prefeitura apresentada à categoria. De acordo com a presidente do Sindsemp, Léia Araújo, não são apenas os salários defasados o motivo da insatisfação dos funcionários. A falta de estrutura nos locais de trabalho também são apontados pelo Sindicato como outro item fundamental nas discussões. Na manhã da última sexta (10), eles reivindicaram, em frente à Câmara de Vereadores, o cumprimento integral da pauta.

Nós queremos também um projeto e uma perspectiva em que o Executivo apresente quando fará essas adequações, quando trará essas resoluções. Isso para que a gente possa voltar aos nossos locais de trabalho com mais esperança e mais vigor”, justificando que cabe apenas ao prefeito Júlio Lóssio definir os rumos do movimento.

“Se já tivesse atendido, de fato, a legislação desde o começo do ano, a greve talvez nem tivesse acontecido. Mas o fato é que o município não obedece às leis, não atende à categoria, massacra o servidor e condena o readaptado à morte”, afirmou Léia, acrescentando que somente se a prefeitura reavaliar essas questões, a greve será encerrada.

Ela voltou a criticar o “esquecimento” da atual administração, a qual justificou não ter sido notificada sobre a greve. Segundo a presidente do Sindsemp, a ameaça de paralisação da categoria foi divulgada em todos os meios de comunicação locais, desde a tentativa de negociação da pauta, no ano passado, até março deste ano, quando um documento assinado em assembleia da categoria foi enviado à prefeitura. Para Léia, a justificativa demonstra “falta de organização administrativa” por parte governo municipal.

7 COMENTÁRIOS

  1. GREVE é sinônimo de ausência de planejamento, ou seja, falta de um líder pensante.E ser contra a greve, é o mesmo que aceitar ser educado pelos políticos hipócritas e não pelos professores.

    • Vamos boicotar as provas externas deste ano(saepe, prova Brasil) e os resultados serão desastrosos, principalmente para o prefeito que quer ser candidato a governador.

  2. Essa greve é política, não tem nada a ver com questão de qualidade da gestão, tanto que a prefeitura criou vários programas para os servidores, como AME Servidor, desconto no comércio, sem contar pagamento em dia.

    • XOCÓ, tente ser atendido em uma AME pra voce ver o que realmente é um a AME. O prefeito faz tanta propaganda das AMES mas não diz que lá nada funciona. AME é uma estelionato eleitoral e eleitoreiro criado por esse prefeitinho que só sabe mentir e enganar a população.

    • Vc com certeza comenta em causa própria, pois pagar em dia o funcionário é dever, quem está querendo difundir idéias contraria a lei é vc. O comercio e a cidade fluiria bem se o Gestou pagasse as contas e tivesse uma equipe coesa e inteligente… O que os cargos comissionados , os professores cedidos com privilégio e as centenas de contratados sem função nenhuma é quem emperra o crescimento da cidade e o desenvolvimento.. V. Sª precisa de estudar para criticar . Seja racional, inteligente e menos puxa saco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome