Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Petrolina exige que empresas promovam testes para Covid-19 e garantam o direito à quarentena

0

O Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais (STTAR) de Petrolina passou a exigir que empresas realizem o encaminhamento dos empregados para que eles possam realizar testes gratuitos para a Covid-19. Caso o resultado seja positivo, a empresa deve garantir o direito do afastamento do trabalho sem prejuízo nos vencimentos e garantia de ser coberto pelo INSS se a recuperação ultrapassar os 15 dias, como inidica a Convenção Coletiva atual da categoria.

Recentemente, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) emitiu uma nota técnica, em que aponta a Covid-19 como doença ocupacional no campo. Com isso, o STTAR solicita que a cobertura legal para que o trabalhador do campo não tenha prejuízo em seus vencimentos.

Segundo a presidente do Sindicato, Leninha Lima, a medida traz uma proteção maior ao trabalhador assalariado em Petrolina e do Vale do São Francisco que possuem um número extenso dessa classe trabalhadora que não pode parar durante a pandemia. “Uma das muitas lutas que conquistamos e que estamos atentos para que seja cumprida. Os empregadores devem respeitar a norma legal”, declarou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

três × 3 =