Silvio Costa acredita que candidatura de Marília será viabilizada e detona socialistas: “Desespero inútil”

1
Foto: Arthur Marrocos/divulgação

Ao seu estilo polêmico de ser, o deputado federal e pré-candidato ao Senado, Silvio Costa (Avante) soltou o verbo contra o governador de Pernambuco Paulo Câmara e o prefeito do Recife, Geraldo Julio. Os dois socialistas foram a Brasília tentar demover, junto à Executiva Nacional do PT, a ideia de candidatura própria da legenda ao Governo do Estado.

Para Silvio o desespero “é inútil”, já que tem a convicção de que o principal nome do PT na disputa pelo governo – vereadora Marília Arraes – será confirmada.

Lembro que no dia 17 de abril de 2016, o dia do impeachment, eles também estavam em Brasília e conseguiram ‘detonar’ o mandato da presidente Dilma, um mandato que pertencia a 54 milhões de brasileiros. Paulo Câmara e Geraldo Julio mandaram seus deputados votar a favor do impeachment e derrubar a presidente Dilma. Por extensão, derrubar o governo que mais investiu no desenvolvimento de Pernambuco: o do PT. Desta vez, vai dar errado”, cutucou.

O deputado disse que a candidatura da vereadora Marília Arraes é legítima e não pertence mais ao PT. “Pertence ao grande desejo de mudança que está na alma e nos corações do valente povo pernambucano”, afirmou. “Ratifico que o PSB não tem votos na Executiva Nacional, muito menos no Diretório Nacional do PT, para fazer a coligação nacional com o Partido dos Trabalhadores. Tenho certeza de que Marília Arraes será candidata, pois é o desejo dos pernambucanos, irá ao segundo turno e, junto com o Avante e o PROS, elegerá uma bancada de oito deputados estaduais e cinco deputados federais”, avaliou Silvio.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome