Show de Oswaldo Montenegro encerra Festival Edésio hoje

por Carlos Britto // 17 de dezembro de 2022 às 12:06

A segunda noite do Festival Edésio Santos da Canção, que aconteceu nesta sexta (16), deu continuidade às eliminatórias, com a apresentação de 12 canções, com muita riqueza de letras, melodias e ritmos. O evento é promovido pela Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes e já é um marco histórico e cultural do município.

O público presente vibrou a cada música apresentada, a exemplo de Jaqueline Costa,  que se emocionou com a apresentação da composição de Eugênio Cruz, Venit Pluvia. “A qualidade das músicas está ótima e essa, em especial, tem uma letra linda e me encantou desde o primeiro verso“, disse.

Um dos pontos altos da noite foi o show de Maciel Melo e João Sereno.  Representando a irmandade de Pernambuco e Bahia, os artistas comemoraram a alegria de estarem juntos no Festival Edésio Santos, além de fazerem uma homenagem a Manuca Almeida, que estaria completando 59 anos nesta data, tocando a música Retinas, de Maciel, que o artista gostava muito, e Mania do Tempo, uma parceria de João Sereno e do homenageado.

“É a primeira vez que eu e João dividimos um palco. A gente sempre cantou junto de maneira informal, ‘brincando’, mas é uma honra estar aqui no festival Edésio Santos, me dá até saudade da época que eu participava deles concorrendo, e ainda mais com Sereno, que é um amigo, um irmão, um filho amado”, celebrou Maciel.

Sereno também falou sobre a emoção de estar tocando em sua cidade natal durante o Edésio Santos com o amigo Maciel Melo. “Para mim Maciel é um dos maiores poetas do mundo, gosto muito de tocar e cantar com ele, e é um orgulho imenso, estando na minha terra e representar tantos outros artistas, tão finos, tão bons, que carregam o nome de Juazeiro para o mundo”, destacou João.

Anúncio dos finalistas

Mas o momento mais esperado foi o anúncio dos finalistas que irão concorrer às premiações do Festival durante o último dia, que acontece neste sábado (17). As doze canções selecionadas são as seguintes:

Águas de ilusão, de Bárbara  Pontes de Assis
Não pensou em mim, de Valdelice Lucena
Belmonte, de Marcos Vinícius Borges
Prenda, de João Energia
Venit Pluvia, de Eugênio Cruz
Oração Singela, de Pablo Moreno
Amor Ainda, de Joyce Guirra
Dois Dedos de Prosa, de Wilson Duarte
Sol de Colombina, de Jamerson Bruno Vieira
Vem, de Mário de Oliveira Sodel
Pois é,  de José Mendes dos Santos
Onda Viva, de Ulisses Abílio

Encerramento

A grande final terá início às 19h, com show do ganhador da primeira edição do Festival Edésio Santos, John Wesley, apresentação das 12 canções finalistas e o show de um dos maiores nomes da MPB, Oswaldo Montenegro. O evento é gratuito, na Orla II da cidade.

Da ascom com foto de João Pedro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.