Serviços da Compesa em Petrolina apimentam debate eleitoral entre Miguel Coelho e Lucas Ramos

7

O deputado estadual Lucas Ramos (PSB) e o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (sem partido), deram uma mostra do que poderá ser a disputa majoritária municipal em 2020. O pano de fundo do embate entre ambos foi a 4ª edição do Programa ‘Todos por Pernambuco’, realizado ontem (21) na cidade com a presença do governador Paulo Câmara (PSB). O tom mais duro começou por Lucas, que ironizou o discurso de Miguel quando este falou em afinar parcerias com o governo do Estado. Ao lembrar que a prefeitura quer romper os serviços de água e esgoto em Petrolina, o deputado insinuou que o prefeito vai na contramão do que afirmou.

O que o povo de Petrolina quer ver é parceria, entrega, resultado. Não vai ser, prefeito, vendendo os serviços de água e esgoto que você vai atender a população. Pelo contrário. Acredite na Compesa, que ela pode fazer um serviço muito melhor”, alfinetou. Lucas reforçou que de R$ 1,5 bilhão investidos em Petrolina pela Compesa em 2018, R$ 600 milhões foram só da Compesa. “E como é que a gente diz que não tem investimento? Essas fake News que se propagam pelas redes sociais, pelas rádios, não é a realidade que a gente vê”, desabafou.

Miguel não deixou barato a declaração do parlamentar. Em entrevista à imprensa, no final do evento, realizado no Bairro João de Deus, o prefeito não economizou nas críticas. “A melhor resposta para a ignorância é o silêncio, e a melhor resposta para incompetência é o trabalho. Acho que, com essas duas palavras, a população possa refletir sobre o trabalho da Compesa em Petrolina”, disparou.

Miguel argumentou ainda que, mesmo sendo adversário de Paulo Câmara, não dirigiu críticas ao governador, como Lucas fez ao prefeito. “Isso só mostra o tamanho do deputado, mostra mais uma vez que o deputado é um menino de recado da Compesa”, completou. O prefeito disse ainda que, se a Companhia investiu R$ 600 milhões em Petrolina, como Lucas revelou, ele gostaria de saber aonde entrou esse dinheiro. “Se esse dinheiro foi investido e a Compesa está uma porcaria, ou é incompetência ou esse dinheiro foi para outro lugar”. Ele ainda lembrou que, se não bastasse o petrolinense pagar caro pelo serviço, a Assembleia Legislativa aprovou recentemente um reajuste de 6,7%. “A gente não concorda e por isso vamos fazer uma nova licitação”, completou.

7 COMENTÁRIOS

  1. “A melhor resposta para a ignorância é o silêncio, e a melhor resposta para incompetência é o trabalho”. Vindo de Miguel não esperaria resposta melhor! Quer dizer que por não ser aliado do governador, não vai comparecer ao evento em que o mesmo está presente? Aqui é Petrolina, não é Juazeiro que o prefeito não recebeu ministros e presidente por pura birra política, e que continua no atraso! Quem é Lucas Ramos no jogo do bicho? Parabéns Galeguinho, cada vez mais Petrolina te admira!!

      • Sonhar é de graça. Só se for 80% dos eleitores da orla, da Codevasf, dos comissionados da Câmara e da prefeitura, por que no resto da cidade a coisa não é tão bonita assim como querem propagar. Se tirar muito no primeiro turno é 40% dos votos.

    • Alguém conhece alguma obra, emenda ou trabalho de Lucas Ramos em Petrolina? Pense num mandato sem futuro, não fez nada, continua sem fazer e ainda quer defender o indefensável. Faça favor deputado a todos os Petrolinenses, peça pra cagar e saia! Pq trabalho que é bom tu não tem nada! Ano que vem é Miguel na cabeça, vai ser de lapada! 70% pra cima!

  2. Petrolina terá segundo turno nas próximas eleições. Miguel tem no máximo cerca de 35% dos votos, no máximo. Ele tem muito dinheiro vindo do Governo Federal, mas muitas obras estranhas. A 7 de setembro, serve para quem? Quem usa a tal duplicação? E a Orla de Petrolina, desde o primeiro dia do mandato que trabalha na Orla. Muito estranho como uma obra pode durar tanto tempo. Fora isso, pouca coisa para mostrar que cause impacto. Algumas rotatórias não ganham as eleições., apesar de terem melhor o fluxo do transito. A arrogância de Miguel é sua pior parte. A arrogância o aproxima de Bolsonaro nas atitudes ditatoriais. Só que ser proximo a Bolsonaro, nas eleições, não o ajudará. O indice de rejeição do presidente é alto demais e fica pior a cada semana.

  3. Esse Lucas Ramos é um engodo, lagartixa do governador poste. Entendo seu amém Lucas, pois o emprego vitalício com salário altíssimo que o criador dessa criatura Paulo câmara deu a seu pai é de encher os olhos e a babá cair mesmo sendo nocivo ao nosso Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome