Salvador precisa de R$ 3,5 bilhões para estar pronta até Copa do Mundo de 2014

por Carlos Britto // 31 de maio de 2009 às 13:32

bA capital baiana ainda precisaria de ao menos R$ 3,5 bilhões em investimentos públicos e privados para estar pronta na Copa do Mundo 2014. O dobro do estimado em fevereiro. O equivalente ao que os Jogos Pan-Americanos de 2007, que reuniram todos os esportes olímpicos em um só local, consumiram no Rio de Janeiro.

A confirmação de Salvador como subsede acontece hoje, 31, às 15h30 (horário de Brasília), em Nassau, capital das Bahamas, quando o Comitê Executivo da Federação Internacional de Futebol (Fifa) divulga a lista das 12 cidades onde vão ocorrer os jogos.

Tudo o que falta a ser feito na cidade será apontado, promete a Fifa, mas sem especificar quando. No País, mapeamento semelhante da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib), encomendado pelo governo federal, apenas deve ser revelado no próximo dia 8.

Enquanto a data não chega – e o governo estadual também não abre o jogo, sequer admitindo qualquer ponto fraco na candidatura -, a mesma entidade que considerou a Fonte Nova o pior dos 27 principais estádios do Brasil, um mês antes da tragédia que até hoje lhe mantém interditada, liga o sinal de alerta. “O poder público tem achado que 2014 é longe. Se brincar, é amanhã, critica Claudemiro Júnior, presidente da seção Bahia do Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva (Sinaenco), que amanhã lança relatório sobre o tema.

Fonte: A Tarde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *